Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Vencedores do Prêmio Guavira de Literatura 2016 são convocados para avaliação documental

Campo Grande (MS) – Os vencedores do Prêmio Guavira 2016, projeto da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul para valorização da Literatura, devem apresentar até a próxima sexta-feira (12 de agosto) toda a documentação exigida por edital para a efetiva premiação das obras. A convocação está no Diário Oficial desta sexta-feira (5).

Mary del Priore conquistou o prêmio na categoria Romance com Beije-me onde o sol não alcança; em Conto o escritor Antônio de Pádua Fernandes Bueno venceu com Cidadania da Bomba. Na categoria Poesia o primeiro lugar ficou com Bruno Lopes Molinero, autor de Alarido; Na Literatura Infantil o premiado foi Marcelo Eduardo Lelis de Oliveira, com Hortência das Tranças; Já a categoria Juvenil premiou Anna Claudia Ramos, autora de No meio do Caminho.

Os vencedores devem apresentar à Fundação de Cultura a seguinte relação de documentos: certidão negativa de débito para com a Fazenda do Estado; certidão conjunta negativa de Débitos Relativos aos Tributos e Contribuições Federais e à Dívida Ativa da União; Comprovante de residência; dados bancários. O prazo é de cinco dias úteis a partir da data da publicação dessa convocação. Podem ser encaminhados via SEDEX ou escaneados para o email: patrimoniocultural@fcms.ms.gov.br.

Ao todo foram recebidas 304 inscrições de escritores de todas as regiões do país; Destas, 47 foram indeferidas. A Comissão Julgadora formada pela Fundação de Cultura avaliou 36 livros infantis, 30 juvenis, 73 de poesias, 49 contos e 69 romances escritos em língua portuguesa, editados e comercializadas no Brasil em 2015. Os primeiros colocados de cada uma das cinco categorias receberão R$ 10 mil e também um certificado de premiação.

Cada categoria foi avaliada por três especialistas, que preencheram formulários de notas individuais. Os pareceristas foram selecionados em um processo que avaliou a experiência artística em análise de projetos culturais e também a formação acadêmica e técnica. São professores, escritores, livreiros, críticos literários, profissionais atuantes da área literária e representantes da sociedade civil de notável atuação no setor cultural.

Reunião de parecerista do prêmio guavira-8553

Serviço: Mais informações sobre o Prêmio Guavira podem ser obtidas na Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, pelo telefone 3316-9155.

Foto: Daniel Reino