Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Seminário do Folclore Monçoeiro na Rota Norte de MS é realizado com investimento do FIC

Campo Grande (MS) – Com recursos do FIC – Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul, será realizado, de 14 a 16 de dezembro, o I Seminário Regional do Folclore Monçoeiro na Rota Norte de Mato Grosso do Sul. Trata-se de um seminário com palestras, debates, performances artístico-culturais e reconstituições de trajetos, terrestres e fluviais, em que se discute, estuda, resgata e projeta-se o folclore da região através da temática da Rota das Monções em Mato Grosso do Sul.

Embalado pelas músicas, poesias, danças, causos e performances teatrais de cunho folclórico da Trupe Monçoeira, nome dado ao grupo de artistas que acompanham o evento, o “I Seminário Regional do Folclore Monçoeiro na Rota Norte de Mato Grosso do Sul” traz a história e a cultura de Mato Grosso do Sul através de seu conjunto de manifestações típicas, materiais, simbólicas e folguedos populares diversos, dentro de uma grande celebração cultural festiva, ainda muito presente no cotidiano de comunidades rurais e ribeirinhas em meio às águas pantaneiras da região.

Pretende-se, com esta proposta, realizar um dia de atividades teóricas (debates, palestras e estudos) e dois de práticas (incursões fluvial e terrestre) sob forma de seminário, sempre com performances temáticas da Trupe Monçoeira.

Folclore, cultura, alegria, história e autoconhecimento são o lema do “I Seminário Regional do Folclore Monçoeiro na Rota Norte de Mato Grosso do Sul”, que busca alcançar a todos os que se encontram isolados em águas pantaneiras em meio ao “Mar dos Xarayés”.

Segundo o proponente e executor do projeto, o turismólogo Ariel Albrecht, “…é graças à política para a cultura do Governo do Estado, através do próprio FIC e também da Sectei – Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, que a valorização da identidade cultural do povo sul-mato-grossense pode ser reavivada e valorizada, proporcionando meios de sustento para artistas e produtores culturais, gerando emprego e renda para comunidades e divisas para os municípios”.

Para o superintendente do FIC, Ricardo Maia, o grande objetivo do fundo é o de fomentar a cultura, proporcionando o acesso da população e contribuindo para o desenvolvimento das artes em todas as suas dimensões. “Certamente o seminário traz uma contribuição muito grande para fortalecer e promover o folclore e valorizar a Rota das Monções”.

Athayde Nery, Secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, destaca a importância de se ter uma visão ampla da cultura, atendendo todas atividades e descentralizando os investimentos. “Passamos por um momento de consolidação das políticas públicas para a cultura e o FIC é o principal instrumento de fomento que dispomos, o governador Reinaldo entende essa importância e estamos trabalhando em conjunto para ampliarmos as ações, estimulando a produção, circulação e a participação da sociedade na definição dos rumos da cultura em nosso Estado”.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo email turismo.coxim@gmail.com ou WhatsApp (67) 99959-6678.