Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Semana pra Dança 2016 promove workshops, espetáculos e debates sobre o plano setorial da dança

  • 10 ago 2016
  • Categorias:Dança

Campo Grande (MS) – Começa no dia 16 de agosto, terça-feira, a 10ª edição da Semana Pra Dança, com workshops, debates e espetáculos de dança com entrada franca. A realização é da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, em parceria da Câmara Setorial de Dança de Campo Grande.

A intenção é apresentar à comunidade um recorte do que é produzido no Estado, com espetáculos e coreografias das diversas linguagens da dança, além de oficinas, exibição de vídeos, debates e rodas de conversas. Além das apresentações regionais, haverá também convidados nacionais fortalecendo o intercâmbio entre os artistas.

Foram selecionados seis espetáculos do MS: “Tem Trem?”, do grupo Funk-se; “Se Você Me Olhasse Nos Olhos”, da Ginga Cia de Dança; “Matilha”, da Expressão de Rua; “EntreNós”, da Cia Verso; Hérédité, da Isa Yasmin Cia de Dança e “De Passagem”, da Cia Dançurbana.

Haverá duas atrações nacionais, o Kahal, de dança de rua, de Jundiaí (SP), que vai apresentar o espetáculo “Gravidade” e ministrará duas oficinas e Elizabeth Finger, do Rio Grande do Sul, que apresentará o espetáculo “Buraco”, em circulação pelo Prêmio Funarte Klauss Viana 2014. O espetáculo, que terá duas apresentações, é de dança contemporânea direcionada ao público infantil. Elizabeth Finger também ministrará uma oficina durante a Semana.

Com o intuito de levar o evento para os bairros e pensando em agregar os agentes da dança que atuam em academias, projetos, grupos amadores e os grupos de danças populares, será realizada a Mostra Aberta no bairro Coophavila II, na Associação de Moradores Amoc II. Quarenta grupos/academias, sendo quatro do interior – dois de Corumbá, um de Aquidauana e um de Dourados – apresentarão coreografias das diversas linguagens da dança durante dois dias do evento na Associação. Os grupos se apresentarão também em espaços alternativos da cidade, durante o dia, para promover a divulgação do evento.

A crítica de dança Adriana Pavlova que atua como crítica no Jornal O Globo no Rio de Janeiro, vai acompanhar os espetáculos e elaborar um texto com o objetivo de pensar e refletir o que se é produzido pelos artistas em questão.

Além das oficinas que serão ministradas pelos convidados nacionais e as ações complementares oferecidas pelos grupos regionais selecionados haverá as mesas de discussões, pensando na criação do Colegiado Setorial de Dança do Estado. O primeiro encontro, “Colegiado Nacional de Dança”, pretende esclarecer como este atua e sua importância. Participam Bia Mattar, de Santa Catarina, representante da macrorregião sul no Colegiado Setorial Nacional de Dança desde 2013, representante titular de dança no Conselho Nacional de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (gestão 2015/2017); Fabiano Carneiro (RJ), coordenador de dança da Funarte, e Marcos Mattos (MS), representante estadual de dança no Colegiado Setorial Nacional de Dança.

O segundo Encontro, “Difusão e Rede em Dança”, tem o objetivo de difundir o que se produz em nosso Estado e fomentar a circulação de dança da região Centro Oeste. A ideia é discutir e estimular a criação de redes e parcerias para a realização de eventos que contribuam para tais ações.

Durante as discussões do terceiro encontro, “Plano Setorial de Dança em processo: O ensino da dança nas academias, projetos e cursos livres & As danças Populares”, pretende-se ouvir os pontos fortes e fracos no ensino e na atuação da dança nas academias, projetos, cursos livres e nos grupos de danças populares para compor as ações do plano setorial de dança de MS que segue em construção. O quarto e último encontro discutirá e criará o Colegiado Setorial de Dança de Mato Grosso do Sul.

Para Isa Yasmin, diretora da Cia de Dança que leva o seu nome, é muito importante ter um evento dedicado integralmente à dança. “Há muita integração, é importante para nós mostrar nosso trabalho para outros grupos. [O Hérédité] é um trabalho inédito, houve a concepção ano passado, foi desenvolvido e fizemos a pré-estreia. É importante para nós mostrar esse trabalho mais maduro para o público e outros grupos, levou muito tempo de pesquisa”. É a primeira participação da Cia de Dança Isa Yasmin na Semana Pra Dança.

A Cia Verso também se apresenta pela primeira vez na Semana, com o espetáculo “EntreNós”. A diretora e preparadora corporal da companhia, Silvia Razuk, explica que a participação do grupo na Semana é fundamental. “A companhia está se formando, este é nosso primeiro trabalho. Apenas houve um ensaio aberto. A apresentação na Semana vai marcar o início da companhia e do espetáculo. Está sendo ótimo poder participar. Quanto mais eventos e projetos houver para mobilizar a dança no Estado, melhor”.

O secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Renato Roscoe, diz que a Semana é um momento de reflexão e integração entre os artistas e oportunidade de o público ter acesso aos espetáculos e oficinas. “É um momento de discussão do setor, de oportunidade de a população acompanhar os espetáculos e as apresentações importantes das diversas formas de expressão de dança do Estado, mas principalmente um momento de reflexão sobre os rumos da dança no Estado. Tem vários workshops, tem discussão sobre nosso Plano Setorial de Dança, que é importante, é uma semana muito rica, para os artistas em si, para eles trocarem informações, compartilharem conhecimentos, construírem coisas novas juntos, ou seja, é um grande laboratório de troca de experiências, como para a população, que tem a oportunidade de ver, de participar não só das oficinas mas também dos espetáculos. Uma programação extensa, cheia de apresentações, que enriquece muito a população como um todo”.

A presidente da Fundação de Cultura do Estado e secretária adjunta de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), afirma que a Semana pra Dança é uma grande celebração entre artistas e o público e agradece os organizadores do evento: “Dançar, dançar e dançar, essa é a grande celebração entre artistas e seu diverso público. Reconhecer quem faz história, descortinar novos olhares, entusiasmar gerações, movimentar espaços tradicionais e alternativos no centro e nos bairros da Capital. Parabenizo a todos os agentes dessa construção, especialmente aqueles que integram o Colegiado Setorial da Dança de Campo Grande e os funcionários da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, desafiados pelo amor e o compromisso de dançar… dançar sempre”.

Todas as ações possuem entrada franca. Confira a programação:

Dia 16 – terça-feira
14h às 16h – Workshop de House Dance – Cia Kahal (SP)
Local: Espaço FNK

16h30 às 18h30 – Workshop de Hip Hop Dance – Cia Kahal (SP)
Local: Espaço FNK

20h – Abertura Oficial
20h15 – Espetáculo Gravidade – Grupo Kahal (SP)
Local: Escola E. Maria Constança Barros Machado

Dia 17 – quarta-feira
9h às 11h – Encontro 1: Colegiado Nacional de Dança
Local: Sala Rubens Corrêa – CCJOG

14h às 17h – Palestra: A Economia Criativa aplicada ao setor de Dança
Local: Sala Rubens Corrêa – CCJOG

16h às 18h – Workshop de Técnica de Dança na contemporaneidade – Ginga Cia de Dança (MS)
Local: Sala Conceição Ferreira – CCJOG

17h às 19h – Workshop de Ballet Clássico – Cia Verso (MS)
Local: Amoc II

20h – Espetáculo Tem Trem? – Funk-se (MS)
Local: Local: Escola E. Maria Constança Barros Machado

Dia 18 – quinta-feira
9h às 11h – Encontro 2: Difusão e Rede em Dança
Local: Sala Rubens Corrêa – CCJOG

16h às 18h – Workshop Dramaturgia e Expressividade – Funk-se (MS)
Local: Sala Conceição Ferreira – CCJOG

16h – Espetáculo BURACO (ALM – BRA)
Local: Teatro Prosa – SESC Horto

17h às 19h – Workshop de Dança de Rua – Expressão de Rua (MS)
Local: AMOC II

18h – Espetáculo DE PASSAGEM – Cia Dançurbana (MS)
Local: saída e chegada na Morada dos Baís

20h – Espetáculo BURACO (ALM – BRA)
Local: Teatro Prosa – SESC Horto

21h – Espetáculo DE PASSAGEM – Cia Dançurbana (MS)
Local: saída e chegada na Morada dos Baís

Dia 19 – sexta-feira
9h às 11h – Encontro 3: Plano Setorial de Dança em discussão: “A dança nas academias, projetos e cursos livres” & “As danças Populares”
Local: Sala Rubens Corrêa – CCJOG

14h às 18h – Workshop: BURACOS e outros pensamentos coreográficos
Local: Sala Conceição Ferreira – CCJOG

17h às 19h – Workshop de Dança do Ventre – Isa Yasmin Cia de Dança (MS)
Local: AMOC II

20h – Espetáculo HÉRÉDITÉ – Isa Yasmin Cia de Dança (MS)
Local: AMOC II

22h – Espetáculo SE VOCÊ ME OLHASSE NOS OLHOS – Ginga Cia de Dança (MS)
Local: Morada dos Baís

Dia 20 – sábado
9h às 11h – Encontro 4: Criação do Colegiado Setorial de Dança do MS
Local: Sala Rubens Corrêa – CCJOG

19h – Mostra de Danças
Local: AMOC II

Dia 21 – domingo
19h – Mostra de Danças
Local: AMOC II

Dia 22 – segunda-feira
20h – Espetáculo RIVOTRIL – Rilvan Barbosa (MS)
20h30 – Espetáculo ENTRENÓS – Cia Verso (MS)
Local: Teatro Prosa – Sesc Horto