Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Público lota teatro Aracy Balabanian no segundo dia de apresentações da Semana Pra Dança

  • 18 maio 2015
  • Categorias:Dança

semana pra dança - segundo dia-1895

Campo Grande (MS) – Neste domingo (17), segundo dia de apresentações 9ª edição da Semana Pra Dança, o público compareceu em peso ao teatro Aracy Balabanian, do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A programação começou às 20 horas, com a exibição de videodança Drawing Blank, de Stefan Verna, do Canadá, como parte do Festival Cuerpo Digital – Mostra de videodanças “Miradas Corporales”. A curadoria é de Sofía Orihuela, da Bolívia.

Logo depois começou a Mostra de Dança com os grupos: Ararazul Cia de Dança; Cia Unika Dança; Espaço FNK; Estúdio de Dança Beatriz de Almeida; Grupo Bailah; Grupo Lotu’z; Grupo Seishun; Mar de Xaraés; Movimente Espaço de Danças “Grupo Expressão de Rua”; Zoe Escola de Dança, todos de Campo Grande (MS), e Studio de Dança Mayara Martins, de Aquidauana (MS).

Maurício Nantes, diretor do Centro de Pesquisa Folclórica Mar de Xaraés, explica que o grupo existe há sete anos e busca propagar a dança gaúcha no Estado. “Esta é a segunda vez que o grupo se apresenta na Semana Pra Dança. É muito interessante para nós a participação pela diversidade cultural da Semana. Estamos acostumados a dançar nos CTGs [Centros de Tradição Gaúcha] e esta é uma oportunidade de mostrar nosso trabalho para um público diferente”.

semana pra dança - segundo dia-1925

Ezilda Pereira da Silva é a mais nova integrante do Mar de Xaraés. “Eu assisti a uma apresentação do grupo ano passado com meu esposo, no Armazém Cultural, em um evento da Fundação Municipal de Cultura (Fundac), e entrei em contato com o diretor, Maurício Nantes, para participar”. Desde então, ela dança com o marido nas apresentações, na categoria xiru, acima de 30 anos. Mas na mostra de hoje, foram reunidas as várias categorias, independente da idade.

Único grupo do interior do Estado a se apresentar, o Studio de Dança Mayara Martins, de Aquidauana, trouxe ao público uma coreografia de sapateado inspirada na família Adams: “A gente é Adams e ser legal é ser do mal!”. Mayara Martins diz que o grupo existe há oito anos e é a segunda vez que se apresenta na Semana Pra Dança. “É gratificante celebrar a dança, é o reconhecimento pelo trabalho realizado e uma oportunidade de mostrar o que estamos fazendo”.

O Grupo Seishun encerrou a mostra do dia com o Yosakoi Soran, estilo de dança japonesa mais moderno, um tipo de dança contemporânea do Japão conhecido como carnaval japonês. “É um estilo muito colorido, com efeitos como trocas de roupas no palco e utilização de acessórios”, afirma Tatiana Ishibashi, que acompanhou o grupo na noite deste domingo. Ela explica que o Seishun existe desde 2008, liderado por Saiuri Nakazato e Thiago Deai. “É a primeira vez que participamos da Semana Pra Dança. Sempre nos apresentamos para a colônia japonesa, e para nós é interessante participar para mostrarmos nossa para outras pessoas, não só para a colônia japonesa”.

A bailarina Nayara Martins, da Cia do Mato, esteve hoje na plateia como expectadora, e afirma que a dança em Campo Grande está melhorando. “O mais legal é ver a casa cheia, pois faz parte da formação de público”. Ela vai se apresentar com a Cia do Mato na quarta-feira com o espetáculo “Mudança”.

Eliete Silva foi com a filha, Érika Juliane de Souza, que cursa Artes Cênicas na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). “Gostei muito de acontecer um evento como este em Campo Grande. Poderia ter mais vezes, haver um investimento maior em dança”, afirma Eliete.

A filha Érika concorda: “tem muita coisa para ser mostrada aqui. Os grupos de Campo Grande têm um embasamento bem legal. Muitos alunos que dançam nestes grupos também fazem o curso de Artes Cênicas. Há uma interação entre teoria e prática e isso só tende a melhorar. A formação acadêmica reflete na qualidade dos espetáculos, as técnicas que se aprendem, a pesquisa científica em dança está amadurecendo o trabalho dos grupos”. Érika também é professora de allet clássico na escola Sonho Meu.

As apresentações da Semana Pra Dança 2015 continuam nesta segunda-feira (18), na Praça Ary Coelho, às 18 horas, com o espetáculo “Matilha”, do Grupo Expressão de Rua, de Campo Grande (MS). Mais informações no Núcleo de Dança da FCMS pelo telefone (67) 3316-9169.

Fotos: Daniel Reino