Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Proler Acessível realiza palestras com temas voltados para inclusão

  • 17 out 2016
  • Categorias:Geral
????????????????????????????????????

A escritora Divina Célia Garcia encontrou na literatura uma forma de superação.

Campo Grande (MS) – Uma ação do Proler Acessível dentro da programação do 17º Encontro do Proler de MS é a realização de duas palestras que acontecem dia 21/10 às 14h na Biblioteca Isaías Paim com a escritora Divina Célia Garcia que irá ministrar a palestra  “A inclusão e a Literatura uma junção –  Um elo de comunicação” e com Yara Helena Yule, educadora física que irá tratar do tema “Jogos paralímpicos e a mídia”.

 

Divina Célia Garcia desde muito cedo já tinha interesse em literatura e já vislumbrava ser escritora, para ela escrever era transpor mundos e de certa forma ser incluída na sociedade e ao mesmo tempo superar barreiras da sua deficiência física.  A escritora tem 44 anos, natural de Juti e hoje reside em Naviraí. É muito atuante na sociedade, professora de português, escritora, artista plástica, também atua na área de projetos, iniciou sua vida literária em 1990. A deficiência poliomielite (paralisia infantil) a tornou uma idealizadora no campo literário.

A deficiência não a impediu de buscar a realização dos seus sonhos e o convívio com os livros continua sendo seus companheiros no desenvolvimento do ser como pessoa, de uma profissional que procura fazer e ser melhor sempre. “Nesse sentido trabalhar com a literatura, no começo era difícil, hoje compreendo que a cadeira que faz parte do meu corpo, é o meu corpo’’, afirma Garcia.

 

Ainda segundo a escritora, nossa cultura tem uma experiência pequena em relação à inclusão social, com pessoas que ainda criticam a igualdade de direitos, “não querem cooperar com aqueles que fogem dos padrões de normalidade estabelecido por um grupo que é maioria. E diante dos olhos deles, também somos diferentes”, refle Divina.

Divina já publicou diversos livros, dentre eles, “Minha singelas pegadas”, “Meu Amigo”, “Novo Caminho”, “Desafios”, “Marcas da paixão, minhas digitais’’ e o último livro “Um lugar chamado Naviraí”.

img_5249

Iara Yule atua com entidades ligadas ao desporto voltado para deficientes físicos.                                                                                 

Já Yara Helena Yule, educadora física, especialista em educação escolar adaptada, é presidente do Caira (Centro Arco Iris de Reabilitação Alternativa), secretária geral da ANDE-Associação Nacional de Desportos para Deficiente ministrará a palestra, “Jogos Paralímpicos e a mídia” no qual irá tratar sobre como é realizada uma paralimpíada, “de onde surgem essas pessoas com deficiência, como são formados esses atletas e qual o papel da imprensa nesse processo, já que há uma diferença muito grande entre as olimpíadas e as paralimpíadas”, destaca Yule.

Proler

O Comitê Proler atua há 17 anos no Estado com o objetivo de incentivar a prática da leitura e da escrita na construção da cidadania. É constituído por voluntários, como professores universitários, bibliotecários, instituições públicas e privadas. Nesse ano, o tema a ser tratado no 17º Proler é “A Cultura Urbana e Bibliotecas: (Pre)Ocupações. O evento acontece de 17 a 19 novembro.