Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Projeto Som da Concha consegue aquecer os ouvintes no dia dos namorados

  • 14 jun 2016
  • Categorias:Geral

Campo Grande (MS) – Nem o frio conseguiu espantar quem gosta de música de qualidade, neste domingo (12), durante as apresentações de Luciana Fisher e Ana Paula Soares e do Marcos Assunção Trio, durante o projeto Som da Concha, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS).

“A música dos artistas que tocam nesse projeto é muito boa. Esse projeto é ótimo. As pessoas têm que parar de reclamar que não tem opção e comparecer nas ações culturais da cidade. O artista precisa do público”, afirmou Márcia Lobo.

No show, Luciana Fisher disse que hoje tem a mesma idade que a jazzista Billie Holiday tinha quando morreu. “O sonho de qualquer intérprete é cantar Billie Holiday. Esta é a hora certa de fazer isso, porque estou com uma banda ótima, fato que eu não tinha antes”, confessou. Ela disse ainda que a compositora norte-americana fazia questão de cantar com o sentimento. “Como ela sofreu muito, é inevitável encontrar suas decepções em suas canções. Sei que hoje é dia dos namorados, mas todo mundo tem seus altos e baixos em seus relacionamentos. Hoje podemos compartilhar isso e saber que não estamos sozinhos”. E a fã do estilo musical, Iná dos Anjos, comemorou: “Gosto da Billie. Estou aqui porque uma programação como essa é rara em Campo Grande”.

 

13423814_1353459648003571_8092975925960919948_n

Entre as músicas tocadas por Marcos Assunção, Gabriel Basso, Marcus Loyola e Renan Nonato, estiveram “Nostalgia, “Êxodo”, “Isabela e Tiago”, entre outras. Segundo ele no maravilhoso concerto, apesar do intenso frio, a música aqueceu os corações presentes. “Ter como opção assistir um show como esse independentemente do frio é fantástico. Temos que prestigiar isso que a Fundação de Cultura de MS nos oferece, pois é algo que vale a pena, finalizou Vicky Azambuja.

 

13450194_1353459601336909_683296345271835852_n

Som da Concha – O projeto da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), realizado por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) acontece em domingos alternados, sempre às 18 horas, na Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas, com transmissão ao vivo pela TVE/MS.

Além dos shows, o Som da Concha conta com a participação da Bocaiúva, uma feira de moda alternativa, hype ou artesanal, acessórios e design produzida pelo coletivo de marcas, criadores e produtores de Mato Grosso do Sul, que movimenta a economia criativa e impulsiona a moda e o design no Estado.

DESTAQUE