Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Por mais acessibilidade, servidores da biblioteca Isaías Paim são capacitados para operar novos equipamentos

  • 24 fev 2016
  • Categorias:Geral

Uma das dez contempladas em todo o país no ano passado para integrar o projeto “Acessibilidade em Bibliotecas Públicas”, do Ministério da Cultura, a Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), recebeu na tarde desta quarta-feira (24) equipamentos novos para atender o público com deficiência visual, como projetores, acervo de mais de 300 filmes com adaptação da Linguagem Brasileira de Sinais, impressora para formato Braille, entre outros.

Servidores da Biblioteca e participantes receberam uma oficina e ações inclusivas de capacitação especializada, orientada e dirigida por técnicos do Projeto Mais Diferenças, para o manejo dos equipamentos. O projeto é realizado junto ao Sistema Nacional de Bibliotecas e Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso do Sul e tem como proposta melhorar e ampliar a acessibilidade e a inclusão nestes espaços de cultura, informação e comunicação, bem como para atrair o público com deficiência.

Para o consultor técnico de formação, Pedro Moreira Berti, que ministrou o “Treinamento de Tecnologia Assistida”, a Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim servirá de exemplo para a região e país. “Foram apenas dez bibliotecas em todo o país contempladas e com certeza aqui nesta cidade a Isaías Paim servirá de modelo para as demais nos municípios do interior e no Brasil. Viemos aqui entregar o projeto, mas são os funcionários deste local e os demais envolvidos que tocarão para frente sendo os responsáveis pelo seu desempenho”, afirmou Pedro.

Em 2014 o Ministério da Cultura iniciou o Projeto Acessibilidade em Bibliotecas, executado pela Oscip “Mais diferenças”. Segundo dados do Censo Demográfico de 2010, 23,9% da população brasileira, ou seja, cerca de 45 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência (visual, auditiva, intelectual, física ou múltipla).

Os materiais recebidos são: impressora braile index/basic d v4, linha braile freedom/focus 40 blue, scanner com voz freedom/sara PC, máquina de escrever em braile (mecânica) perkins/clássica, livros em braile e filmes  com áudio descrição, além de dois notebooks e dois tabletes com softwares e aplicativos especializados.

Em Mato Grosso do Sul há 526.979 mil pessoas com deficiência, o que representa 21,50% da população do Estado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. É o caso do professor João Marcos Vivente. “Desde que me tornei cego aos 26 anos, tive que me preparar e me adaptar a isso e percebi o quanto as políticas públicas voltadas ao cego são ainda limitadas, mas agora com a nossa biblioteca estadual sendo contemplada tenho certeza que será uma mudança enorme na vida das pessoas que irão usufruir e não só delas, mas de todas as famílias agregadas, gerando expectativas de melhoria de vida, tendo oportunidade de sonhar e voar mais alto através da facilitação dos estudos”, opinou o professor.

Segundo o coordenador do sistema estadual de bibliotecas públicas, Fabio Queiroz, a Tecnologia Assistida vai democratizar o ambiente da biblioteca, inserindo-a num contexto atual e reduzindo barreiras. A ideia é também levar o exemplo aos 79 municípios do Estado. “Agora poderemos trabalhar na produção de materiais, transformando tudo em braile. Estudantes e acadêmicos com deficiência visual poderão trazer o material para converter aqui no formato mais acessível para eles. É de grande importância a instalação desses equipamentos aqui na Isaias Paim, uma vez que no Estado não temos ainda materiais com tecnologias desse tipo. Levaremos a ideia para os municípios junto com o conteúdo relacionado a acessibilidade e políticas públicas para pessoas com deficiências”, comentou Fábio.

Leia mais: http://goo.gl/4HWFvW

treinamento em tecnologia assistida-8022

treinamento em tecnologia assistida-8037

treinamento em tecnologia assistida-8042

treinamento em tecnologia assistida-8054

Texto: Alexander Onça – Sectei
Fotos: Daniel Reino – FCMS