Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Parceria da FCMS com Sebrae possibilita que artesãos de MS comercializem com empresários de outros Estados na Rodada de Negócios

Campo Grande (MS) – Artesãos do Estado têm a oportunidade de conhecer e fechar negócio com empreendedores de todo o País durante a Rodada de Negócios que começou na manhã desta quinta-feira no Sebrae, em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A Rodada de Negócios faz parte do II Encontro de Negócios de Artesanato, que teve início nesta quarta-feira, com o Seminário de Artesanato. O consultor de Marketing do Sebrae e da empresa Novo Engenho. Leandro Lima Coleone, explica que esta Rodada de Negócios é aberta apenas aos artesãos do projeto Brasil Original, gerido pelo Sebrae. “O projeto visa capacitar, desenvolver os artesãos em áreas de gestão, produção, marketing, oficina de técnica e de design e consultoria. Para participar, o Sebrae faz a seleção dos participantes por meio de curadoria”.

Leandro

Analista de Acesso ao Mercado, Tetis Maria Gonçalves explica que na Rodada de Negócios o artesão divulga seu trabalho para empresas de fora. “Os empresários conhecem as peças e entram em contato presencial com os artesãos, o que possibilita dar sugestões para o artista modificar o produto de acordo com as demandas o mercado, que eles conhecem bem.

Tetis

Na Rodada de Negócios desta manhã estiveram presentes empreendedores de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis, que vieram conhecer os artesãos locais, os trabalhos por eles realizados, para fechar negócios e desenvolver relacionamentos visando à comercialização dos produtos.

A empresária Christine de Mendonça, de São Paulo, trabalha com artesanato brasileiro há 20 anos. Ela tem lojas na capital paulista com peças representativas e souvenirs de várias localidades do País. “Já conheço o trabalho de muitos artesãos daqui. Mas já faz cinco anos que não venho a Campo Grande, então decidi participar da Roda de Negócios para ver o que há de diferente, de novo, porque o artesanato é muito dinâmico. Mato Grosso do Sul está de parabéns pela qualidade dos artesãos, a criatividade dos elementos regionais utilizados no desenvolvimento dos produtos. Aqui existe uma diversidade muito grande nos materiais usados e isso atrai os compradores”.

Christine

Christine iniciou a Rodada de negócios estabelecendo contato com a artesã Cláudia Castelão, da Flor de Xaraés, que desenvolve um trabalho com flores em lâmina de madeira patenteadas. Cláudia trabalha com artesanato há 15 anos. “A Chris já conhecia o meu trabalho. Ela já me ajudou a construir e modificar alguns dos meus produtos porque ela tem uma visão boa do que o público busca. Ela atende muitos turistas internacionais em sua loja nos Jardins, em São Paulo. Estamos aqui hoje buscando estreitar amizades visando futuros negócios”.

Claudia

A artesã Lorna Nantes Dávila participa da Rodada há dois anos. Ela trabalha com artesanato em cabaça há 13 anos, e com o seu Celeiro das Artes produz galinhas, índios e santos. “É sempre bom participar, nós conhecemos pessoas novas e mantemos contatos antigos. Hoje fechei negócio com a lojista de São Paulo, da Arte Tribal, que encomendou 33 peças para eu despachar para sua loja”.

Lorna

O Encontro continua hoje à tarde e termina amanhã, sexta-feira (9), com a Mostra de Artesanato de MS, para exposição e venda de peças produzidas no Estado. A Mostra estará aberta ao público nesta tarde, das 14 às 20 horas, e amanhã (9), das 8 às 20 horas.

 

Fotos: Edemir Rodrigues