Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Oficina do Fasp ensina a utilizar materiais recicláveis na confecção de miniaturas

Corumbá (MS) – Professores da Rede Municipal e pessoas da comunidade de Ladário participaram na manhã desta quarta-feira (23.05) da Oficina de Miniaturas, na Biblioteca do Sesi, como parte da programação do 14º Festival América do Sul Pantanal. A artesã Rita de Cássia Baduy Pires veio especialmente de Curitiba para repassar a técnica aos interessados.

Os alunos aprendem a ter noções de escala e proporção para confeccionar móveis em miniaturas a partir de caixas de fósforo e materiais recicláveis, e no final do curso os alunos vão construir um detalhe de alguma das fachadas históricas da cidade de Corumbá.

Rita explica que a miniatura proporciona um universo muito grande de possibilidades, como a utilização como objeto decorativo, atender encomendas para lojas, confeccionar souvenirs, réplicas, lembranças de aniversário, cenas de guerra, maquetes profissionais para Arquitetura e museus, bem como seu uso como material pedagógico. “Para mim é uma paixão. Comecei há 30 anos fazendo meio sem noção de escala, aí fui fazer curso de artes em São Paulo e também com uma miniaturista. Participei durante muitos anos da feira de artesanato em Curitiba e agora trabalho só com encomendas”.

É a primeira vez da artesã em Corumbá e também no Fasp. “Estou sentindo cheirinho do pantanal. Aqui é muito gostoso. Já fiz muita gente enlouquecer com as miniaturas. É bom plantar loucuras”.

A professora de Ciências da Rede Municipal de Ladário, Lucilene de Farias, está nesta sintonia. Ela arrancou strass de sua blusa para compor a miniatura que estava fazendo. “Achei super interessante, pensei nos materiais que se podem usar. Podem ser recicláveis, trabalho algumas atividades com isto em sala de aula. No Dia das Mães meus alunos confeccionaram lembrancinhas com materiais recicláveis”.

Para ela, esta atividade incentiva os estudantes a pensar a importância da reciclagem. “É legal levar esta ideia para os alunos. O que poderia ser lixo dá para ser reutilizado, transformado. Eu tenho uma filha, vou ensinar para ela como fazer. Ela gosta. Vou passar essa ideia para ela”.

Maria Cláudia Castello trabalha na Secretaria de Educação em Ladário. Está equipe de organização da oficina e decidiu participar também. “É interessante, é um desafio. Dá para fazer lembrancinhas de aniversário. Eu tenho filhos, vou fazer coisas interessantes para eles, aproveitar”.

A Oficina de Miniaturas começou hoje e vai até o dia 25, em duas turmas, matutino e vespertino. A carga-horária é de 12 horas e são dez alunos por turma. As vagas já foram preenchidas. Mas ainda dá para participar de outras atividades durante o Festival. Confira a programação em www.festivalamericadosulpantanal.ms.gov.br .

Fotos: Aurélio Vinícius