Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Obras que disputam Prêmio Guavira serão avaliadas por pareceristas habilitados pela Fundação de Cultura

Campo Grande (MS) – Obras literárias de todo o Brasil que concorrem ao Prêmio Guavira 2016, realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, foram distribuídas na manhã deste sábado (9 de abril) aos 14 pareceristas habilitados, que classificarão os títulos a partir de análises técnicas.

Na reunião deste sábado foram discutidos detalhes da avaliação, que envolverá 257 produções literárias. São 36 livros infantis, 30 juvenis, 73 de poesias, 49 contos e 69 romances. Ao todo foram recebidas 304 inscrições de todas as regiões do país; Destas, 47 foram indeferidas.

Serão selecionadas cinco obras – uma por classe. Todos os livros concorrentes já foram editados e comercializados no Brasil em 2015. Os primeiros colocados de cada uma das categorias receberão R$ 10 mil e também um certificado de premiação.

Cada categoria será avaliada por três especialistas, que preencherão formulários de notas. Os pareceristas foram selecionados em um processo que avaliou a experiência artística, em análise de projetos culturais e também a formação acadêmica e técnica. São professores, escritores, livreiros, críticos literários, profissionais atuantes da área literária e representantes da sociedade civil de notável atuação no setor cultural.

Na categoria Conto os jurados serão Eliane Maria de Oliveira Giacon, doutora em Literatura e professora da UEMS, Volmir Cardoso Pereira, doutor em Literatura e professor da UEMS e Elias Borges, escritor. Os Romances serão avaliados por Rosana Cristina Zanellato dos Santos, doutora em Literatura e professora da UFMS, Samuel Xavier Medeiros, escritor e presidente da União Brasileira de Escritores / Mato Grosso do Sul (UBE) e Ramiro Giroldo, doutor em Literatura e professor da UFMS.

Os Infantis serão julgados por Regina Célia Delácio Fernandes, professora da UFGD, Rosane Fernandez Garcia, professora do IFMS e Ana Maria Bernardelli, professora, escritora e integrante da UBE. Na categoria Juvenil as avaliações serão feitas por Nataniel dos Santos Gomes, doutor em Lingüística e professor da UEMS e Wellington Furtado Ramos, mestre em Literatura pela UFMS. Os livros de Poesia serão apreciados por Karina Vicelli, professora do IFMS, Luciano Srafim da Silva, escritor e Daniel Abrão, professor da UEMS.

“Essas avaliações estarão disponíveis para os participantes, tornando o processo o mais isento possível. Também queremos disponibilizar as fichas de análises dos pareceristas para que todos saibam seus pontos positivos e negativos, possibilitando a evolução técnica e dando transparência a seleção”, explicou a diretora geral da Fundação de Cultura, Andréa Freire.

Mais informações sobre o Prêmio Guavira podem ser obtidas podem ser obtidas na Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, pelo telefone 3316-9155.