Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

MS 40 Anos – Mostra do MIS expõe memórias do cinema produzido no Estado

  • 18 set 2017
  • Categorias:Museus

Campo Grande (MS) – Cartazes, fotos, câmeras e projetores contam uma parte da rica trajetória das produções audiovisuais em Mato Grosso do Sul mesmo antes da separação do estado-irmão. A mostra Memória do Cinema – MS 40 Anos apresenta a partir desta terça (19 de setembro), às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som uma parcela da nossa identidade captada pelas lentes de artistas locais. E a entrada, como sempre, é franca.

O público encontrará na mostra obras como Alma do Brasil (1932), dirigido por Líbero Luxardo. Um dos pioneiros do cinema no Estado, apresenta uma reconstituição dramática da Retirada da Laguna, ocorrida durante a Guerra do Paraguai, a partir de uma visita ao túmulo do coronel Carlos de Morais Camisão. Soldados brasileiros enfrentaram a cólera e a fome enquanto sofriam com a perseguição de tropas paraguaias em meio a uma região pantanosa. O drama também conta com cenas documentais.

Foto: Laine Breda

Também estão presentes na exposição cartazes de filmes e objetos utilizados em cena, como projetores e câmeras do ator e diretor David Cardoso. O material faz parte do acervo da Sala David Cardoso, espaço cultural que aborda toda a trajetória do artista e que também está localizado no Memorial da Cultura.

Serão expostas também imagens da exposição “Making off”, que teve curadoria da fotógrafa Elis Regina. A mostra instiga uma viagem pelos bastidores cinematográficos a partir de “Paralelos Trágicos”, primeiro longa-metragem produzido em Campo Grande em 1965, até produções recentes filmadas em todo Estado.

Para Marinete Pinheiro, coordenadora do Museu da Imagem e do Som, a proposta é homenagear o cinema no aniversário do Estado mostrando ao público os processos e as obras produzidas, principalmente aos estudantes que diariamente visitam as instalações.

“Resgatar a memória do Estado é uma contribuição do MIS. Cinema, história, memória e identidade são inseparáveis e trazem o passado para refletir o presente e tornar possível o futuro. Queremos que as novas gerações conheçam o cinema de Mato Grosso do Sul, valorizem e se utilizem da sétima arte como ferramenta de instrução, educação e reflexão humana, além de ser uma janela para o mundo”.

Serviço: A exposição Memória do Cinema – MS 40 Anos será aberta nesta terça (19 de setembro), às 19 horas. O Museu da Imagem e do Som está no 3º andar do Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, Centro. A entrada é franca.