Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

“Memória da Cultura 10+1 Jonir” retrata no Centro Cultural carreira de um artista em essência

Campo Grande (MS) – Imagens de dez profissionais das lentes retratam a carreira de Jonir Figueiredo, um dos ícones das artes plásticas do Estado. A mostra Memória da Cultura 10+1 Jonir” celebra 65 anos de idade e 40 de carreira do artista e será inaugurada na terça-feira (23 de agosto), às 19 horas, na Galeria Wega Nery do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A entrada é franca.

Sob o olhar dos talentosos fotógrafos Alexis Prappas, Bolivar Porto, Cândido Alberto da Fonseca, Daniel Reino, Elvio Lopes, Gerson Walber, Rachid Waqued, Roberto Higa, Rodrigo Teixeira e Vânia Jucá, as várias faces de Jonir Figueiredo são desvendadas ao público.

A mostra é composta por vinte banners fotográficos. Cada fotógrafo contribuiu com duas imagens que registram a vida do artista corumbaense ao longo de seus quarenta anos dedicados às artes.

Roberto-Higa-2

“Jonir nasceu artista. É uma das pessoas mais intrigantes e admiráveis do cenário sul-mato-grossense. Sua arte tem como essência a iconografia pantaneira. Jonir é contemporâneo. Jamais teve medo de ousar nas roupas de modelagem extravagante, na obsessão por criar, amoldar, formar e construir um estilo único, prova de que está sempre à frente do seu tempo”, revela o produtor de moda Luiz Gugliatto.

O Artista – Natural de Corumbá, Jonir é pintor, desenhista, gravador, performer cultural e técnico especializado em arte e cultura. Por três gestões presidiu a Associação dos Artistas Plásticos de Mato Grosso do Sul. Seus trabalhos mais marcantes são os coletes de jacaré-export e as mandalas. É considerado o primeiro arte-educador de Mato Grosso do Sul, pioneirismo que lhe conderiu uma homenagem no 1° Seminário Estadual Cultura e Educação.

Serviço: A exposição Memória da Cultura 10+1 Jonir” fica aberta para visitação até dia 10 de setembro. O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica localizado na Rua 26 de Agosto, 453, entre a avenida Calógeras e a rua 14 de Julho. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795.

Contato para a Imprensa – Jonir Figueiredo: 98151-9159

Reportagem: Jefferson Benicio