Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

MARCO inova com acessibilidade aos deficientes visuais e homenageia as mulheres em exposição

Campo Grande (MS) – A abertura da exposição “Mulheres Artistas” aconteceu hoje (11) pela manhã no Museu de Arte Contemporânea (MARCO), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). O evento comemora o mês da mulher e inovou com ferramentas de acessibilidade aos deficientes visuais recebendo o Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas (ISMAC).

A exposição é composta por obras das artistas Lú Santana, Áurea Katsuren, Lúcia Monte Serrat, Carla de Cápua, Lídia Baís, Irany Bucker, Priscilla Pessoa  e tem inserção de tecnologia assistiva em audiodescrição para pessoas com deficiência visual nas obras de Conceição dos Bugres, Ignês Corrêa da Costa e Wega Nery, além do texto de apresentação.

Ao chegar ao museu, o público já tem a disposição uma mesa com o mapa da exposição com texto Braille/tinta e QR code audiodescritivo, além de piso tátil desde a entrada, percorrendo todas as obras da exposição. Os deficientes visuais poderão apreciar os quadros por meio da audiodescrição utilizado pelo celular que explica minuciosamente os detalhes da obra e fala um pouco de cada artista.

A equipe do MARCO recebeu os convidados do ISMAC, apresentou a proposta de acessibilidade com suas ferramentas, depois foi realizada a visitação com bate-papo informal para esclarecimento de dúvidas e ainda teve  apresentação musical com a gestora de artes Patricia Aguena tocando sanshin, um instrumento musical japonês.

“Parabenizo a iniciativa do MARCO pela exposição, pois são ferramentas simples que permitem a acessibilidade do deficiente visual consumir arte e cultura, outras instituições podem utilizar como exemplo essa ação para inclusão”, explica Márcio Gimenes, presidente do ISMAC.

“Através da audiodescrição eu consegui imaginar a mulher pensativa do quadro de forma detalhada, foi muito fácil acessar pelo QR code, não tive dificuldade, adorei a exposição”, conta Cristiane Tiecher, assistente social do ISMAC.

“A ideia da exposição é homenagear a mulher e dizer que ela é muito importante na cultura e conseguimos observar isso por meio dessas obras de alguns ícones da nossa cultura regional. Sobre a acessibilidade, esse foi o primeiro passo, pois com esse evento podemos interagir com esse público especifico, ouvindo sobre suas demandas para que possamos melhorar a prestação de serviços na sociedade”, relata Patricia Aguena, gestora de artes do MARCO e responsável pela projeto de acessibilidade.

Serviço: A exposição “Mulheres Artistas” do Museu de Arte Contemporânea fica aberta ao público até 05 de abril, sempre com entrada franca. O Marco fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas. As visitações podem ser feitas de terça a sexta, das 7h30 às 17h30. Sábados e domingos das 14h às 18h.

Agendamento de escolas para realização de visitas mediadas do Programa Educativo podem ser agendadas pelo site www.marco.ms.gov.br . Mais informações pelo telefone (67) 3326-7449.

Contato para a Imprensa:

Patricia Aguena: 99228-4640

Foto: Ricardo Gomes