Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Governo lança Plano de Políticas Públicas para a População Indígena no Centro Cultural

Campo Grande (MS) – Com o objetivo de dar visibilidade às culturas indígenas de Mato Grosso do Sul, promovendo a confraternização entre esses povos e o compartilhamento de problemas e soluções, a Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por meio da Subsecretaria de Políticas Indígenas, lançará na próxima semana uma série de ações que celebram a história e a cultura dos povos do Estado.

As ações de lançamento, organizadas pela Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), acontecerão na segunda-feira (27), no Centro Cultural José Otávio Guizzo e na terça-feira (28), no Museu da Imagem e do Som (MIS). Entre as medidas anunciadas está a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas para a População Indígena, com previsão de entrega até novembro deste ano.

De acordo com a subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Dias, a elaboração do plano, que será um dos primeiros do País, terá uma grande importância não só no aspecto de ações políticas, mas também servirá de reconhecimento à luta do movimento indígena.

“É um sonho que com certeza irá refletir na realidade de toda a população indígena. Vamos conversar com as 74 tribos de 8 etnias existentes no Estado e chegar a pensamentos convergentes que se traduzam em uma melhoria na qualidade de vida de toda essa população”.

Subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Dias / Foto: Leca

Subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Dias / Foto: Leca

As apresentações culturais também farão parte do evento. Na segunda-feira (27), a partir das 17h30, haverá a apresentação de dança Kadiwéu e dança Terena de recepção e acolhimento aos convidados e participantes do evento, juntamente com uma exposição de artesanato e cerâmicas, além de comidas típicas produzidas pelos indígenas.

Logo em seguida acontecerá uma reza tradicional do povo Guarani – Kaiowá abençoando o evento, iniciando no calçadão de entrada do Centro Cultural, adentrando o mezanino até chegar ao Teatro Aracy Balabanian, finalizando a abertura oficial com hino nacional em Terena.

Protagonismo – Nos primeiros quatro meses deste ano foram visitadas mais de oito aldeias e realizados diversos acompanhamentos na entrega de cestas alimentares pela Subsecretaria de Políticas Indígenas. “Nós temos a segunda maior população indígena do país, com aproximadamente 75 mil índios. Ações de protagonismo para esses povos são de extrema importância para o desenvolvimento social do Estado”, destaca a vice-governadora e secretária da Sedhast, Rose Modesto.

Ainda dentro do evento estão previstas parcerias com a Fundação de Esportes de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Fundação Rádio e TV Educativa (Fertel) e Fundação de Trabalho (Funtrab), que permitirão o lançamento dos Jogos Indígenas, do programa de Rádio Voz Indígena e dos programas de microcrédito e qualificação para índios.

Serviço: O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na Rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas  Calógeras e a 14 de Julho. Já o Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, no centro. Ambos os eventos são abertos ao público.

Clique aqui e confira a programação completa

Com reportagem de Leomar Alves Rosa (Sedhast)