Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Fundação de Cultura divulga projetos pré-aprovados do FIC 2020

  • 17 set 2020
  • Categorias:FIC

Campo Grande (MS) – Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (17.09) o resultado das propostas pré-habilitadas para o edital do Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Este resultado ainda não é definitivo, pois necessita passar pela fase de interposição de recursos. A relação final será divulgada no dia 13 de novembro de 2020.

O Fundo de Investimentos Culturais estimula desde 2002 a criação, a produção e difusão das manifestações artístico-culturais em todos os municípios sul-mato-grossenses. Instituído pela Lei 2.366/2001 e reorganizado pela Lei 2.645/2003, o FIC tem como princípio prestar apoio financeiro a projetos culturais da comunidade, fomentando o mercado artístico e diminuindo a distância do público com as mais diversas manifestações, tradições e valores da cultura.

Os editais promovem a democratização de acesso a recursos para as áreas de música, dança, teatro, artes plásticas, audiovisual, literatura e festas populares. Os selecionados participam de programas e ações executadas pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul no decorrer do ano estimulando a valorização e difusão das manifestações artístico-culturais do Estado.

Para a gerente do Fundo de Investimentos Culturais, Solimar Alves, “o FIC é de suma importância para a comunidade artística sul-mato-grossense, pois são projetos oriundos da comunidade e que vêm atender a uma reivindicação artística desta classe que muito lutou para que o Fundo acontecesse. A publicação do resultado vem ao encontro a esse anseio da classe artística. Acredito que como foi feito em consonância com o edital, estamos atendendo à diversidade dos segmentos artístico-culturais do Estado que tiveram seus projetos habilitados até a fase de mérito. Por isso a importância de todos os conselheiros, que foram muito conscientes na aprovação prévia desses projetos, para que todos os segmentos fossem de fato contemplados”.

Clique aqui e confira a lista dos projetos pré-aprovados.