Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Fundação de Cultura apoia Carnaval 2019 em Campo Grande

Campo Grande (MS) – A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul apoia o carnaval campo-grandense 2019, que vai ser realizado na avenida Interlagos (baile de rua), na Passarela do Samba (desfile das escolas de samba) e na avenida Calógeras (blocos).

Para o Carnaval da Paz, que acontece na avenida Interlagos, entre as ruas Spipe Calarge e Doutor Werneck, na Vila Albuquerque, a realização é conjunta, entre Fundação de Cultura e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur). A folia, que volta a ocorrer depois de quatro anos, vai ser realizada de 1º a 5 de março. Haverá atrações para adultos e crianças, segurança reforçada e bandas regionais.

No dia 1º de março, sexta-feira, a animação fica por conta da banda Fascínio (20 horas) e da Banda Lilás (22 horas); no dia 2, sábado, é a vez de Beleza Pura (20 horas) e Doce Swing (22 horas); no dia 3, domingo, a matinê começa às 17 horas com Ricardo Gael e banda (haverá pintura facial para as crianças); no dia 4, segunda-feira, sobe ao palco a banda Só por elas (20 horas) e Fascínio, e para fechar o carnaval 2019, no dia 5, terça, anima a festa Chokito e banda (20 horas) e Doce Swing (22 horas).

A Fundação de Cultura oferece apoio financeiro e estrutural, com palco de  14mX12m, uma tenda show com 15mX40m; 80 banheiros químicos; 180 metros de fechamento de metalão para delimitar a área; 80 gradis (grades de contenção); 15 barricadas e duas salas de camarim medindo 4mX4m e seis tendas 5mX5m. A Sectur vai oferecer a segurança do local e se responsabiliza pela realização dos shows.

O desfile das Escolas de Samba de Campo Grande acontece nos dias 4 e 5 de março (segunda e terça) na Passarela do Samba, na avenida Alfredo Scaff, bairro Santo Amaro. A Fundação de Cultura apoia o evento com repasse de recursos financeiros para a Liga das Escolas de Samba de Campo Grande (Lienca) e apoio estrutural, com arquibancada e tendas.

Na segunda a abertura acontece às 19 horas com bloco convidado. Na sequência desfilam as agremiações “Os Herdeiros do Samba”, das 20 às 21 horas; “Unidos do Aero Rancho”, das 21 às 22 horas; “Cinderela Tradição José Abrão”, das 22h30 às 23h30; “Unidos do São Francisco”, entre meia-noite e uma hora da manhã.

Na terça a ordem será a seguinte: “Unidos do Cruzeiro”, das 20h às 21h; “Catedráticos do Samba”, das 21h30 às 22h30; “Deixa Falar”, das 23 horas à meia-noite; “Igrejinha”, da 0h30 à 1h30; “Unidos da Vila Carvalho”, das 02h às 3 horas.

Foto: Chico Ribeiro

Os blocos carnavalescos saem no dia 3 de março, das 19 às duas da manhã, na avenida Calógeras, entre Afonso Pena e Maracaju. A Fundação de Cultura apoia o evento com recursos financeiros para a Associação de Blocos e Cordões Carnavalescos (Ablanc) e apoio estrutural, com um palanque de 10mX20m, 40 metros de arquibancada, 30 banheiros químicos e 40 grades de contenção.

Para a diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, o carnaval tem importância cultural para o Estado de Mato Grosso do Sul, e a Fundação de Cultura, em parceria com a Sectur, pretende realizar o melhor carnaval para os foliões de Campo Grande. “O Estado, em parceria com a Prefeitura, vai realizar o carnaval em Campo Grande, para que a gente possa ter um carnaval com tranquilidade, com segurança, em que os foliões possam se divertir. O governo vai entrar com recurso financeiro e apoio de estrutura dentro da programação do carnaval e sempre aberto, é claro, para em parceria fazermos o melhor carnaval, o carnaval que o nosso povo sul-mato-grossense merece”.

 Foto no destaque: Daniel Reino