Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Filme brasileiro “Lavoura Arcaica” é atração desta sexta no Cine Café do MIS

  • 29 jun 2017
  • Categorias:Cinema

Campo Grande (MS) – “Lavoura Arcaica”, de Luiz Fernando Carvalho, será a atração desta sexta-feira (29 de junho) do projeto Cine Café. A exibição acontece no Museu da Imagem e do Som, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, às 18h30 e a entrada, como sempre, é franca. A exibição desta vez começa meia hora mais cedo devido à longa duração do filme, duas horas e 51 minutos.

O drama brasileiro dirigido por Luiz Fernando Carvalho foi lançado em outubro de 2001 e traz no elenco Selton Mello, Raul Cortez, Juliana Carneiro da Cunha. É baseado no romance homônimo de Raduan Nassar e foi classificado na 16ª colocação na lista de melhores filmes nacionais de todos os tempos segundo a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

No longa, André, representado pelo ator Selton Mello, é um filho desgarrado que saiu de casa devido à severa lei paterna e o sufocamento da ternura materna. Pedro (Leonardo Medeiros), seu irmão mais velho, recebe de sua mãe a missão de trazê-lo de volta ao lar. Cedendo aos apelos da mãe e de Pedro, André resolve voltar para a casa dos seus pais, mas irá quebrar definitivamente os alicerces da família ao se apaixonar por sua bela irmã Ana (Simone Spoladore).

O Cine Café foi criado em agosto do ano passado pelos idealizadores Kezia Miranda, Thiago Andrade, Déborah Wolsky, João Carlos Costa, Marcos Moro, Natanael Marques, Andreza Pelizaro, Deborah Nasser, Maria Fernanda Suppo e Thais Barros. Déborah Wolsky Carneiro, estudante de Arquitetura e Urbanismo e uma das organizadoras do Cineclube, explica que o Cine Café surgiu a partir de uma conversa no facebook. “A Kézia, uma das integrantes, colocou um link de um filme do Bergman no facebook dela, e daí surgiu uma discussão e decidimos montar um cineclube. Além disso, nós gostamos de café, e pensamos: por que não unir cinema e café?”

Na primeira reunião foi feito um estudo dos diretores marcantes e ao qual as pessoas não têm muito acesso. “Nós decidimos exibir os filmes menos conhecidos dos diretores para as pessoas terem mais conhecimento. A gente já frequentava outras mostras no MIS e queríamos um espaço público. Decidimos pelo Museu pela gratuidade. Passamos a proposta para a Marinete e fomos aceitos. A gente gosta muito do que faz. O Cine Café é uma ocasião em que depositamos nosso amor pelo cinema e recebemos isso das pessoas”, diz Débora Wolsky.

Prepare já sua canequinha para o café ou o chá. Logo após a exibição, haverá uma discussão sobre o filme, o diretor e o cinema. As exibições são gratuitas, uma vez por mês, geralmente às sextas-feiras, às 19 horas, no MIS. Desta vez venha mais cedo, às 18h30. Bom filme e bom café!