Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Expressão de Rua une arte e conscientização em apresentações gratuitas na Capital

  • 19 maio 2015
  • Categorias:Geral

Campo Grande (MS) – Poesia, música e dança. Unindo três artes em nome da conscientização social e da desmistificação da cultura urbana, acontece entre os dias 21 e 24 de maio (quinta a domingo), em diferentes pontos da Capital, o festival Expressão de Rua – Um Novo Olhar Urbano. O evento é todo aberto ao público.

 

O Expressão de Rua chega à terceira edição em 2015 e promete tornar Campo Grande a capital da cultura urbana. Durante um final de semana inteiro a programação – que se mantém fiel ao Rap e Hip Hop – será intensificada com debates sobre o tema Violência Contra a Mulher. O evento também dará espaço para atrações locais e nacionais que se revezam em apresentações entre o centro e, claro, a periferia.

 

Desde a primeira edição, realizada em 2013, o Expressão de Rua tem como objetivo principal desmistificar a arte urbana, destacando seus aspectos positivos na formação cultural do público. O local é propício à convergência de diferentes vertentes artísticas, passando pelo teatro, grafite e dança, mas tem como fio condutor principal a música.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Neste ano, os espaços também se diversificam. Além dos palcos do Indubrasil, Parque das Nações Indígenas e Praça do Rádio Clube, a Rua 14 de Julho e a tribuna da Câmara Municipal recebem a programação do evento. O tema Violência Contra a Mulher norteia o debate e inspira o show de encerramento com apresentações de artistas mulheres, como Marina Peralta, Becky Bee e RastaNigga. As apresentações também serão marcadas pelas intervenções artísticas da atriz Brigitty Zelinski (PR).

 

A opção de incluir um tema para cada edição amplia a capacidade de intervenção do evento na formação do público. “O debate traz mais seriedade e permite que a população tenha acesso a assuntos com pouca oportunidade para serem discutidos no dia a dia, tudo de forma gratuita”, afirma um dos organizadores do evento, o ator e produtor Eduardo Miranda, do Movimento Quem Luta Vence.

 

O evento conta com o apoio do Atêlie Passarinho – Comunicação e Fotografia, Espaço de Arte Integrada e Colaborativa Casa dos Ventos (Dourados), Governo do Estado e Águas Guariroba.

Divulgação

Divulgação

Confira a programação:

 

Quinta-feira (21 de maio)

10 horas – Concentração para abertura

12 horas – Cortejo de abertura

Local: Rua 14 de Julho até o Bar do Zé

19 horas – Debate: Violência Contra a Mulher, com Marina Peralta (artista e feminista), Luisa Ribeiro (vereadora-PPS), Priscila Anzoategui (advogada e militante) Brigitty Zelinski (atriz e feminista), Fernanda Teixeira (militante) e mediação de Romilda Pizani (advogada e coordenadora do Grupo de Trabalho e Estudos Afros da UFGD).

Local: Câmara Municipal, Rua Ricardo Brandão, 1400.

 

Sexta-feira (22 de maio)

15 horas – Apresentações

U.RAP, Mente Engatilhada, Os Neguim, Loco Leste, Curumex, ART. 32 (SP), Mc Checheu, Mc Menor Boladão, Intervenções de Brigitty Zelinski, Microfone Aberto, Engenheiro Edson.

Local: Indubrasil

 

Sábado (23 de maio)

15 horas – Nalkimia, Voz do Gueto, Stanka (SP), Marina Bernal (Caarapó), Banda Raiz, Narco Rima, Pobres Retirantes, Engenheiro Edson, Alien Sputnik, MS a Quadrilha e Intervenções de Brigitty Zelinski.

Local: Praça do Rádio – Concha Acústica.

 

Domingo (24 de maio) – Show das Minas

15 horas

Marina Peralta, Becky Bee, RastaNigga, Mocambo Groove (SP), MS 03, Engenheiro Edson e Brigitty Zelinski.

Local: Parque das Nações Indígenas – Concha Acústica Helena Meirelles

 

Serviço – O Expressão de Rua é totalmente gratuito.