Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Exposição Literária na Biblioteca Isaías Paim celebra o aniversário de Campo Grande com obras raras

  • 25 ago 2016
  • Categorias:Geral
20160825_101555

Com trinta e três obras a exposição disponibiliza a história de Campo Grande em livros. Foto: Alexander Onça

 

Campo Grande (MS) Em homenagem aos 117 anos de Campo Grande, a Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, oferece exposição aberta ao público de acervo  bibliográfico e histórico da cidade.  Em exposição livros de história, dança, arte, fotografia, teatro, cinema, periódicos entre outros, sendo  obras de autores locais.

O objetivo é divulgar a história da cidade evidenciando a riqueza bibliográfica, além de proporcionar as linguagens literárias, levando à população a riqueza desses conteúdos informativos por meio desta ação cultural.

 

A exposição conta com trinta e três livros e quarenta e cinco periódicos. Sendo destaque obras de Paulo Coelho Machado como a coletânea “Pelas Ruas de Campo Grande” que conta história de algumas ruas da cidade, destacando prédios, moradores, alguns personagens, curiosidades e seus vários nomes. Sobre este livro Yara Penteado escreveu: “Forma singular de narrativa histórica: centrando-se aparentemente na história da rua, ele a reconstrói até onde a fraca memória dos homens registra. De casa em casa, de mansinho, bate à porta e entra naquele pequeno universo, com seus dramas, suas desgraças, suas graças e alegrias…”
“Campo Grande – Imagens de Um Século” de Marcelo Marinho e Paulo Renato Coelho Neto, a coletânea de cartões postais cujo propósito é trazer à população e aos visitantes da capital uma sintética visão de conjunto dos eventos e lugares que marcaram os cem anos de percurso da cidade morena. Os textos de apresentação buscam acompanhar a sinuosidade da poesia emanada dos tijolos, pedras e asfalto que pertencem ao patrimônio histórico e cultural de Campo Grande.

 

Em “História de Campo Grande”, J. Barbosa Rodrigues descreve o primeiro contato do autor com a terra, entusiasmado pelas maravilhas da região mato-grossense que lhes foram descritas pelo cunhado, e conta como o autor que com apenas dezessete anos, rumou em direção às terras, descrevendo o dia de sua chegada ao local e nos fornece informações da fundação, a primeira igreja, a primeira autoridade, a criação do município e as primeiras leis, levantamento da planta e alinhamento das ruas entre outros tópicos e faz refletir sobre a disposição que hoje impressiona quem estuda a história de campo Grande.

20160824_104847 (1)

Foto: Eleuzina Crisanto

“Deus quer, o Homem Sonha a Cidade Nasce – Campo Grande Cem Anos de História” é mais um clássico local da saudosa Maria Da Glória Sá Rosa, um título criado por intermédio de um enunciado de Fernando Pessoa. Obra que a autora já vinha ensaiando há anos, por meio de leituras e lembranças de tantas figuras da capital, pesquisas e muito estudo. O livro nasceu para registrar a voz, as lembranças, vida, pensamentos de uma cidade onde por meio das forças, ergueram as mãos, movidos pelo poder dos sonhos.

No intuito de atingir a fronteira das famílias, sociedade, cultura, cuja descrição pelos intérpretes diz que cada um de nós poderá encontrar seu próprio jeito de ser, de olhar a cidade, de sentir parte dela. Vinte narradores guiados pelo fio da memória constroem esse cenário de ligação com a cidade, recuperando as mensagens ocultas nas entrelinhas, desenhando o mapa afetivo de uma Campo Grande numa troca mútua, que é a base das verdadeiras construções.

 

Pioneiros da Arquitetura e da Construção em Campo Grande de Ângelo Marcos Vieira de Arruda, com prefácio de Hugo Segawa e apresentação de Maria da Glória Sá Rosa, o autor apresenta ampla pesquisa sobre a trajetória de 125 profissionais que construíram a história da arquitetura de Campo Grande /MS, preenchendo a lacuna para desenvolver essa obra com objetivo de ilustrar as histórias dos construtores, engenheiros, arquitetos e projetistas, que por meio de um minucioso levantamento de trabalho e pesquisa muito bem elaborado, percorre caminhos da história com iniciativa de resgatar nossa memória entre 1902 e 1972.

 

O autor atribui especial ênfase a quinze desses profissionais, narrando e destacando suas obras com desenhos e fotos. A obra é amplamente ilustrada enriquecida com cerca de quatrocentas ilustrações em cores, entre fotos, mapas, desenhos e croquis. Autor de outros três livros, Ângelo Marcos Vieira de Arruda é arquiteto e professor da Uniderp há vinte anos. É também secretário-geral do Instituto Histórico e Geográfico do Mato Grosso do Sul e da universidade para desenvolvimento do Estado e da região do Pantanal.

 

A biblioteca realiza uma pequena mostra do  acervo regional que atualmente é composto aproximadamente de três mil títulos. O conhecimento altamente dinâmico e multidisciplinar é uma ferramenta que busca resultados a curto e a longo prazo, dessa forma o valor dos produtos e serviços hoje depende cada vez mais de conhecimento. Assim a população tem a disposição para consulta e empréstimo o acervo da Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, “com a exposição divulgamos um pouco do nosso arquivo regional,  de  grandes escritores da região reconhecidos  nacionalmente, resgatando  a  identidade,  a história e mostrando a riqueza de nossa terra.  O  que corrobora para o movimento bibliotecário é a construção do conhecimento que nosso espaço proporciona”, diz Eleuzina Crisanto, coordenadora da Biblioteca. A exposição ficará aberta ao público até o dia 23 de setembro, de segunda a sexta-feira das 8h às 17h.

20160825_101611

Foto: Alexander Onça

 

Serviço: A Exposição Literária fica aberta ao público até 23 de setembro, de segunda a sexta-feira das 8h às 174h. O acervo da Biblioteca fica disponível para empréstimos, sendo necessário apenas os documentos: comprovante de residência, RG e CPF e foto 3×4. A Biblioteca Estadual Dr. Isaías Paim está localizada na Avenida Fernando Correa da Costa 559, no segundo andar do prédio do Memorial Apolônio de Carvalho. Mais informações podem ser obtidos pelo telefone no (67) 3316-9161