Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Exibição e debate de curtas abre o projeto Clube do CineClube 2015 no Museu da Imagem e do Som

  • 17 abr 2015
  • Categorias:Geral

Campo Grande (MS) – O Clube do Cineclube, apresenta na próxima quarta-feira (22), às 19h, o CineClube Bocacine que exibirá os curtas-metragens “Tempooral” de Cadu Fluhr e “Ana” de Breno Benetti. O Clube do CineClube é um projeto, coordenado pelo Cinema (d)e Horror juntamente ao Colegiado de Cinema e apoiado pelo Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul – MIS de MS. Ele promove um diálogo entre os cineclubes de Mato Grosso do Sul visando uma organização política deste setor cultural.  A entrada é gratuita.

O CineClube Bocacine de Três Lagoas dá início à iniciativa este ano. Sua proposta da ação, organizada pelo Núcleo de Audiovisual e pelo Grupo de Teatro Identidade, é levar gratuitamente ao público geral uma programação fílmica de diversos gêneros e formatos, em especial, produções realizadas por cineastas de Mato Grosso do Sul.

Os curtas apresentados têm em comum a experimentação da linguagem. Apresentam uma estética de experimentação tanto no visual, cores, efeitos e montagem quanto no conteúdo. A aproximação dos dois com teatro dá peso dramático ao conteúdo, porém, o trato do “universo” interior humano ganha diferentes recortes nos dois. “Tempooral” trata do existencialismo e “Ana” de conflitos internos.

Clube do CineClube_ Curta Tempooral de Cadu Fluhr

O curta “Tempooral” tem como temática questões relacionadas a morte, ao entendimento do fim por parte da compreensão do ser humano. Visualmente, a obra faz o uso do claro e escuro com propriedade, compondo cenas de visual exacerbado. Explora o efeitos de luminosidade e o uso da maior nitidez e menor nitidez, “foco” e “desfoque” de maneira experimental. Com isso, apresenta efeitos estéticos oníricos, surreais. Aproximando-se da estética da publicidade. O trabalho com atores, muito bem desenvolvido, dá peso dramático à algumas cenas.

O curta “Ana” traz a psique humana. A personagem título busca resolver uma série de questões, por meio do “mergulho” em devaneios e sonhos. Trata-se de uma experimentação de como esse mundo interior pode materializar-se em imagens e som. A questão da sensualidade feminina é bastante explorada no curta. Fruto de um trabalho de preparação de atores que tem como ápice justamente cenas fluídas e interessantes.

O projeto Clube do CineClube abre com dois curtas de qualidade visual e de conteúdo. Depois das exibições os produtores das obras irão realizar um bate-papo com o público presente.

Sinopses

Tempooral (Dir. Cadu Fluhr, 18min, 2014, Três Lagoas, Classificação Livre) –  Quando os espaços para aprender a morrer estão muitos difíceis ao entendimento, quando o ser humano chega ao limite da compreensão, ficamos em meio à falta crônica de um processo socializador para a morte.

Ana (Dir. Breno Benetti, 15 min, 2012, Campo Grande, Classificação Livre) – Ao despertar, Ana tem uma série de devaneios e surtos acerca daquilo que todos os dias ela faz e insiste em refazer. Em uma manhã rotineira propõe-se mergulhar por suas contradições e conflitos e nesse mergulho ela se encontra com sua essência quase que original. Como num sonho, construído com imagens arquetípicas, como se fotografássemos a psique de Ana, ela tem a oportunidade, mesmo que apenas imaginária, de se encontrar e refazer uma vida que tanto esperar para ser.

Serviço:

CineClube Bocacine apresenta os curtas “Tempooral” e “Ana”.

Tempooral (Dir. Cadu Fluhr, 18min, 2014, Três Lagoas, Classificação Livre)

Ana (Dir. Breno Benetti, 15 min, 2012, Campo Grande, Classificação Livre)

Data: 22 de abril.

Horário: às 19h

Local: Museu da Imagem e do Som de MS, Memorial da Cultura, Av. Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar.

Mais informações no telefone (67)3316-9178.

 

Contato para a Imprensa:

Cadu Fluhr –  (67) 9904-6063.