Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Dupla carioca ministra Oficina Criativa de Passinho durante 15º Fasp e se surpreende

  • 14 nov 2019
  • Categorias:Geral

Corumbá (MS) – A cultura de rua está mais fortalecida na programação do 15º Festival América do Sul Pantanal. Prova disso é o sucesso na realização da Oficina Criativa do Passinho, que acontece desde o início desta semana. A iniciativa proporciona, aos interessados de todas as idades, a oportunidade de aprender diversos passos do funk carioca. Mais do que isso, o grupo já prepara coreografia para apresentação pública, no encerramento, no próximo domingo (17).

Realizadas na sede do Projeto Oficina de Dança, as aulas acontecem à tarde, durante todo o período de programação do Festival. A capacitação ao passinho é ministrada pelos cariocas Luiz Giordane dos Santos (GN) e Diego Ronald Silva dos Santos (DG). A dupla realiza trabalhos em todo país, há mais de 10 anos, pelo projeto Os fabulosos.

GN se mostra realizado com primeira experiência em Mato Grosso do Sul. “Estar em Corumbá é maravilhoso, demonstra que a arte de rua não tem fronteiras ou proprietários. O talento de muitos alunos daqui, nos deixa ainda mais motivados. Queremos voltar”, garante o instrutor. Ele revela ainda, que no próximo domingo (17), encerramento do Festival, às 17h, a dupla do Rio de Janeiro apresenta batalha do passinho, enquanto os alunos apresentam sua primeira coreografia. “Tenho certeza que deixaremos a semente da cultura de rua plantada”.

Com 14 anos de idade, a corumbaense Maria Eduarda Pereira foi uma das primeiras a chegar para o dia de oficina. “Pela primeira vez participo de uma atividade do festival. Escolhi o passinho porque é diferente, desafia meus limites. Estou adorando!”, revela animada.

Para Camila Rodrigues, 13 anos, a proposta é inovadora para Corumbá. “Espero que haja continuidade nas aulas de passinho, posso ser instrumento disso”, antecipa.

Protagonismo – A coordenadora do núcleo de audiovisual e cultura de rua da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Lidiane Lima explica que a oficina criativa de passinho estimula a criatividade, além de desafiar o corpo. “A inclusão e confraternização também são características marcantes dentro da arte da periferia”, finaliza a técnica, expondo diversas alternativas de atividades voltadas a cultura urbana, programadas no 15º Festival América do Sul Pantanal.

Os interessados podem tirar suas duvidas pelo contato: (67) 99253-5955.

Fasp – Realizado com investimento público da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e patrocínio da Energisa, Vale, Caixa Econômica Federal e Governo Federal, o 15º Festival América do Sul Pantanal (Fasp) acontece entre os dias 14 e 17 de novembro. A programação foi pensada para agradar a todos os gostos. E claro, tudo com entrada franca. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas na nossa página (hom.fundacaodecultura.ms.gov.br) ou pelo telefone 3316-9109.

Texto: Laura Miranda

Fotos: Edemir Rodrigues