Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Conselho Estadual de Políticas Culturais elege vice-presidente e secretária executiva

Campo Grande (MS) – Escolhidos por unanimidade, o Conselho Estadual de Políticas Culturais de Mato Grosso do Sul (CEPC/MS) nomeou na segunda-feira (28), no auditório do Museu da Imagem e do Som, o diretor de teatro Roberto Figueiredo, como vice-presidente e a funcionária pública Pureza Coutinho, como secretária executiva.

Após designar os cargos e acolher as propostas dos conselheiros, a presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, que também preside o Conselho, elaborou um cronograma de reuniões ordinárias, consolidando toda última quarta-feira do mês, às 14h, os encontros oficiais.

Para ela, a escolha de seu vice será de extrema importância para o bom funcionamento do órgão. “Foi uma reunião bastante produtiva onde recebemos as demandas e propostas dos conselheiros atuais, elaboramos um cronograma estipulando o dia das reuniões ordinárias e nomeamos com aceitação máxima o professor Beto Figueiredo que tenho certeza que fará um ótimo trabalho junto a este Conselho”, afirmou Mara.

Agradecendo a indicação e boa aceitação dos presentes para o cargo de vice, Beto Figueiredo destacou a importância do Conselho de se atentar à todas as ações de políticas públicas para a cultura, mesmo que independam de editais. “Fico feliz pela oportunidade aqui e espero que não sejamos apenas um conselho de editais. Temos uma preocupação com isso, nos reunimos sempre quando lançam o edital ou quando não lançam. Mas política pública para a cultura vai além, e dentro dela está também o edital. Sabemos que a Fundação de Cultura tem ações importantes das quais não brigamos. E não é brigar contra, mas brigar juntos. Que estejamos juntos para falar sobre festivais, juntos para discutir projetos de circulações, exposições e todas outras atividades”, declarou.

A posse dos membros do Conselho Estadual de Políticas Culturais de Mato Grosso do Sul para o biênio 2019/2021, aconteceu no dia 18 de outubro, na sala de reuniões do governador Reinaldo Azambuja. Neste dia, o governador afirmou que serão abertos editais ainda neste ano, em todas as áreas da cultura. “Queremos publicar os editais para deixarmos já planejadas, as ações culturais que serão realizadas em 2020”, ressaltou. 

CEPC/MS

Órgão colegiado de natureza consultiva, deliberativa e fiscalizatória, o Conselho é vinculado à Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, cujo representantes setoriais foram nomeados em publicação no Diário Oficial do Estado e irão compor o quadro até o ano de 2021.

O Conselho Estadual de Políticas Culturais é composto por representantes do Poder Público e de colegiados de diferentes setores artísticos e culturais, entre titulares e suplentes. Como membros natos conta com a participação do secretário de Estado e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel e da presidente da Fundação de Cultura, Mara Caseiro, nomeada presidente neste biênio.

Entre as funções do Conselho estão o acompanhamento das políticas culturais do Estado, do Fundo de Investimentos Culturais e do fomento a todas as manifestações artísticas e culturais no Estado, garantindo a democratização da gestão.

Texto: Alexander Onça
Fotos: Daniel Reino