Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Com pedidos de bis, Sampri encerra o Fasp em grande estilo

  • 15 nov 2016
  • Categorias:Geral

Em apresentação memorável, as irmãs Magally, Luciana e Renatinha, do grupo Sampri, fecharam em grande estilo a última noite do 13º Festival América do Sul Pantanal, no Palco Integração, na Praça Generoso Ponce, em Corumbá.

Em sintonia intensa com o público de 10 mil pessoas na noite de ontem (14), após o show da baiana Mariene de Castro, Sampri conduziu de forma magistral a relação com o público, com um repertório vasto com o melhor do samba de partido alto.

A paixão pelo samba entre as irmãs é unânime, e cada uma se identifica com um instrumento diferente: Magally no cavaquinho; Luciana no pandeiro; e Renatinha no violão. Mas todas são responsáveis por segurar o canto e junto com dois percussionistas, apresentaram um show com maturidade, segurança e a confiança do público.

Em 2013 o grupo se apresentou no FASP pela primeira vez, voltando este ano com novo repertório. “É uma satisfação inenarrável retornar a Corumbá, cidade considerada a capital do samba de Mato Grosso do Sul”. O show batizado “Resistência” representa o momento do grupo Sampri em militar pelo movimento do gênero no Estado, mesclando no repertório músicas autorais e clássicos consagrados. “O intuito é aproximar o público, por meio da interação e dinâmica participativa”, contou a violonista Renata Sampri.

O 13º Festival América do Sul Pantanal teve quatro dias de intensa programação voltada à integração entre os povos sul-americanos e a difusão da cultura sul-mato-grossense. Veja mais fotos do evento em http://www.festivalamericadosulpantanal.com/galeria-de-fotos

Texto: Fabio Pellegrini
Fotos: Daniel Reino