Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Com apoio da Fundação de Cultura, centenas de pessoas prestigiam o Dia Mundial da Paz nos Altos da Afonso Pena

Campo Grande (MS) – Várias apresentações culturais aconteceram na manhã de domingo (22), nos Altos da Afonso Pena, em comemoração ao Dia Mundial da Paz. Com apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, a Fundação de Cultura (FCMS) foi parceira neste evento idealizado pelo Círculo Universal da Paz. “Precisamos que cada um seja agente e embaixador da paz. O respeito ao pensamento diferente do outro é o caminho para a propagação da paz”, declarou a presidente da Fundação, Mara Caseiro.

A ação iniciou-se às 8h com apresentações de dança dos grupos: Dança Circular; Dança Cigana; Hip Hop; Coral UFMS, Povos dos Terreiros; Mukambo Kandongo e Camalote. Centenas de pessoas estiveram no local, montado especialmente para apreciação das ações culturais.

Grupos musicais como o Sexteto Instrumental da Orquestra Sinfônica Municipal; Orquestra Infantil Fundação Ueze Zahran; Coral Fundação Ueze Zahran; Ricardo Bergamo e Renato Mendes; DJ Renat Tulux, Camerata UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Maestro Marcelo Fernandes e Mestre Galvão animaram o evento que teve também muito artesanato, oficina de pintura para crianças e mostra de orquídeas.

A embaixadora da paz e presidente da Associação Internacional dos Poetas, Delasnieve Daspet destacou em sua fala, que as pessoas precisam conjugar mais o verbo pazear. “Eu pazeio, tu pazeias, ele pazeia, nós pazeamos, vós pazeais, eles pazeiam”, disse.

Feliz com o apoio do Governo do Estado por meio da Fundação de Cultura, Daspet disse que tanto o governador Reinaldo Azambuja, quanto Mara Caseiro foram essenciais para a realização do Dia da Paz. “Agradeço o governador e à querida presidente que teve grande relevância na construção deste evento”.

Para Mara Caseiro, a promoção da paz é mais do que necessária, ainda mais nos dias de hoje, com tantas adversidade e intolerância. “A sociedade precisa de mais amor, mais harmonia e mais respeito. Ações como a do dia de hoje são enriquecedoras e gratificantes, pois promovem a união entre as pessoas por meio da cultura, a cultura da paz”.

Texto e fotos: Tavane Ferraresi