Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Chá Acadêmico realiza homenagem à Maria da Glória Sá Rosa no Centro Cultural

  • 22 ago 2016
  • Categorias:Geral

cha - glorinha

Campo Grande (MS) – A Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (ASL) com apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza na próxima quinta-feira (25 de agosto), mais uma edição do tradicional Chá Acadêmico, às 19 horas, na sala Rubens Corrêa, do Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG). O evento tem entrada franca, duração aproximada de 60 minutos e classificação livre.

 

Essa edição terá como tema “Homenagem à escritora Maria da Glória Sá Rosa”. Glorinha, como era chamada carinhosamente por todos,foi uma das fundadoras da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, onde ocupava há 44 anos a cadeira de número 19. Como escritora se tornou referência em relatar a história da cultura do estado e teve cerca de 10 livros publicados. Recebeu o cobiçado título de Doutora Honoris Causa, outorgado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Professora Honorária pela UNIGRAN de Dourados.

 

A professora e escritora Maria da Glória Sá Rosa, morreu no mês passado, aos 88 anos, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Era natural de Mombaça (CE), Glorinha lecionou Literatura e História da Arte, durante 26 anos na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Era fluente em espanhol e francês e, inclusive, ajudou a fundar a Aliança Francesa em Campo Grande. Promoveu festivais de música e incentivou todas as artes, em Mato Grosso do sul, com a criação do Teatro Universitário Campo-grandense (TUC) e o Cineclube de Campo Grande.

 

Na política assumiu o cargo de secretária-adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Social; diretora executiva da Fundação de Cultura; presidente do Conselho Estadual de Cultura; superintendente da Secretaria de Cultura e Esportes; e, ainda, presidente da Fundação de Cultura.

 

Da programação anual da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, o chá Acadêmico é destaque e o evento mais concorrido, pois criado no mês de fevereiro de 2005, tem proporcionado um beneficio enorme no campo do conhecimento literário e aglutinando autoridades civis, militares e eclesiásticas, num conjunto formidável de palestras com a finalidade de incentivar a literatura do estado de Mato Grosso do Sul.

 

O Chá Acadêmico ocorre sempre na última quinta-feira de cada mês e será realizado no CCJOG até que a ASL termine a construção de sua sede própria que fica localizada na rua 14 de Julho, no bairro São Francisco.

 

A Academia de Letras e História de Campo Grande fundada no dia 30 de outubro de 1971, pelo escritor Ulisses Serra que estava acompanhado dos escritores José Couto Viera Pontes e Germano Barros de Sousa. Em 1979 com a divisão do Estado, passou a se chamar Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (ASL). Portanto com 45 anos de existência a instituição literária já editou mais de 500 livros, pronunciou centenas de palestras, através de seus acadêmicos nas mais diversas instituições de ensino e culturais de Mato Grosso do Sul. Oferece aos estudantes das escolas do município, do estado e particulares um centro de pesquisas, envolvendo todos os livros históricos sul-mato-grossenses.  Também a entidade edita duas edições da Revista Literária do Estado de Mato Grosso do Sul e também edita uma página semanal no jornal Correio do Estado, com enfoque literário.

 

Serviço: Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3382-1395 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo, que fica na rua 26 de Agosto, 453 entre a avenida Calógeras e a rua 14 de Julho.

 

Contato à Imprensa:

Presidente da ASL – Reginaldo Alves de Araújo: 99908-3304

Texto: Jefferson Benicio