Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

CCJOG abre inscrições para a oficina de brincadeiras populares “Cavalo Marinho – Do Pisado às Figuras”

  • 28 ago 2019
  • Categorias:Geral

Campo Grande (MS) – Nos próximos dias 5 e 6 de setembro, acontece no Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) a oficina de brincadeiras populares folclóricas “Cavalo Marinho – Do Pisado às Figuras”. O curso será ministrado pelo percussionista e brincante Jonas Guedes, de Campina Grande (PB). A inscrição para a oficina terão o custo simbólico de 20 reais.

Cavalo Marinho ou “Marin”, como é popularmente chamado, é um folguedo popular da zona canavieira do litoral norte de Pernambuco e Sul da Paraíba. A brincadeira natalina louva os Divinos Santos Reis do Oriente, que cruzaram o deserto à procura do Menino Jesus. Essa folia de Reis, nos Estados nordestinos começa no dia 25 de dezembro e vai até o dia 06 de Janeiro (o Dia de Reis) e acontece nas comunidades e também na Casa da Rabeca, espaço criado pelo mestre Salustiano, em sua temporada como assessor do secretário de cultura de Pernambuco, Ariano Suassuna.

“Nossa ideia é trocar saberes por meio da brincadeira e fazer uma interação entre os participantes e o brinquedo, percorrendo a dança, as trupes e a vivência das figuras que representam os personagens. Apresentaremos também um pouco da musicalidade que norteia a brincadeira do início ao fim”, explicou o ministrante.

Jonas Guedes

Natural de Cajazeiras (PB), Jonas Guedes começou sua carreira musical como percussionista da banda marcial da sua escola de ensino fundamental onde ainda em sua adolescência rodou o Estado da Paraíba se aprofundando  na cultura popular de tradição. Logo na sequência residiu em Campina Grande (PB), onde conheceu o grupo de percussão Maracagrande do qual faz parte desde 2014 e vivenciou manifestações populares como o Maracatu, o Coco de roda e a Ciranda.

Junto a um grupo de amigos, para movimentar ainda mais a cena cultural de Campina Grande, decide montar um grupo de coco de roda, o Coqueiro Alto, fundado ao final de 2015. Ligado diretamente à cultura popular, o grupo teve a iniciativa de estudar as expressões populares dentro das rodas de coco desde o sertão até o litoral. Teve a oportunidade também de participar da criação de outro grupo cultural da cidade de Campina Grande,o grupo de estudos em Cavalo Marinho – Boi da Borborema, fundado em 2017. Com essa experiência, Guedes participou de várias apresentações em festivais, entre eles, o  Festival de Inverno de Campina Grande, o Festival de Música de Raiz do SESC/PB e o Festival Universitário de Cultura e Arte –  FUA,  produzido pela UNE e de eventos como o Aniversário do Maracagrande, a Mostra Nacional de Música/RJ promovido pelo SESC, entre  outros. No início de 2019, em sua passagem por Monteiro (PB) Jonas Guedes inicia seu estudo com o instrumento pife, com Rivers Douglas, um dos discípulos de Zabé da Loca, Rainha do Pife em todo Brasil, natural da mesma cidade.

As inscrições podem ser feitas no link  https://forms.gle/y45ohvB7gqE15ibU9 . O Centro Cultural José Octávio Guizzo fica na rua 26 de agosto, 453. Mais informações no telefone 3317-1791.

Acompanhe a programação:

DIA 05/09

18:00 – ENCONTRO NO CENTRO CULTURAL JOSÉ OCTÁVIO GUIZZO – APRESENTAÇÃO DO CAVALO MARINHO – VÍDEOS E CONVERSAS
19:30 – TRUPES E SUA DESENVOLTURA NA BRINCADEIRA
21:30 – ENCERRAMENTO DO PRIMEIRO DIA

DIA 06/09

18:00 – ENCONTRO NO CENTRO CULTURAL OCTÁVIO GUIZZO  – AQUECIMENTO TRUPES
19:30 – FIGURAS E A ARTE DO IMPROVISO
21:30 – ENCERRAMENTO DA OFICINA