Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Exibição de documentários franceses no MIS começa amanhã

  • 10 nov 2015
  • Categorias:Geral

 

il-etait-une-foret

     Serão exibidos três filmes sempre às 19h e com entrada franca

Campo Grande (MS) – A partir de amanhã o MIS exibe filmes documentários franceses, numa parceria entre a Fundação de Cultura do Governo do Estado  e  a Aliança Francesa de Campo Grande.  O ano de 2015 está sendo dedicado ao filme documentário, e a Aliança Francesa de Campo Grande em parceria com a Embaixada Francesa no Brasil traz “O Mês do Filme Documentário “(Le Mois du Film Documentaire) um olhar apurado sobre a produção do cinema francês, especialmente na categoria documentário. As exibições acontecem sempre às 19h, no Museu da Imagem e do Som de MS (MIS de MS).

 

Os filmes exibidos a serem exibidos  são A Escola de Babel (La cour de Babel), Bardot, a incompreendida (Bardot, la Méprise) e Il était une forêt (sem título em português, “Era uma vez uma floresta” em tradução livre). A curadoria é de Márcia Saddi, coordenadora da Aliança Francesa e de Thiago Andrade jornalista, cinéfilo e ex-professor da Aliança Francesa. Segundo os curadores, a mostra traz documentários que aportam diferentes temas da cultura francesa, e que vão além, por meio da sensibilidade dos diretores, por mostrarem  aspectos da própria condição humana e do mundo contemporâneo.

a escola de babel

O A Escola de Babel (2013) apresenta o trabalho da diretora Julie Bertuccelli. Tendo atuado principalmente com a linguagem documental, a diretora tem uma extensa cinematografia, tendo sido premiada em vários festivais, inclusive em Cannes com “Desde que Otar Partiu” (2002). No documentário, a diretora acompanha uma turma de adaptação onde alunos imigrantes entre 11 e 15 anos de idade têm as primeiras lições de francês. Muitas dessas famílias fogem de conflitos ao redor do mundo ou está buscando um novo recomeço.

 

Bardot, a incompreendida trata de documentário sobre atriz Brigitte Bardot. A atriz francesa, símbolo sexual nos anos de 50 e 60, foi considerada uma das 100  mulheres mais influentes na história da moda pela revista americana Time. O documentário se volta para a vida dessa atriz que virou ativista dos direitos dos animais depois de se afastar do mundo do entretenimento.

 

O filme Il était une forêt trata da apresentação de uma floresta equatorial por Luc Jacquet. O documentário trata do olhar sensível para o crescimento de um grão na floresta. Grão este que se desenvolverá para ocupar o espaço dele no ciclo da floresta. O diretor Luc Jacquet tem um olhar muito sensível para o meio ambiente, tendo desenvolvido filmes sobre a temática ao longo de sua carreira. O diretor foi premiado com o Oscar em 2005 por A Marcha dos Pinguins, um grande sucesso mundial.

 

Enfim, a seleção enfatiza a linguagem documental trazendo temas da cultura produzidos por diretores franceses.  Temas que expressam o mundo contemporâneo: a questão da imigração, do ponto de vista humano, a vida de uma grande estrela do cinema durante a fama e depois na aposentadoria, a relação do homem e o meio ambiente. Em suma, questões humanas e ambientais que são universais.

 

Márcia Saddi, coordenadora da Aliança Francesa reforça o convite para a Mostra o Cinema Francês e comenta: “É preciso sempre olhar para o outro, para o diferente, para o “estrangeiro”. É necessário refinar o olhar, a percepção do mundo. Sem contar no prazer que é ouvir o francês” declara Márcia.

 

O Mês do Filme Documentário apresenta um olhar contemporâneo sobre o mundo apresentando a produção francesa recente. Dá ao público a oportunidade de conhecer produções audiovisuais de grande qualidade, contribuindo para a democratização do acesso à cultura e traz ao conhecimento parte do olhar francês, sobre a realidade e as questões contemporâneas. Olhar esse que vem da grande capital das artes no mundo.

 

Serviço: As exibições acontecem de 11 a 13 de novembro de 2015 (quarta à sexta-feira), sempre às 19 horas e são gratuitas. O Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar. Para mais informações sobre a programação do museu acesse www.mis.ms.gov.br. O e-mail do MIS é mis@fcms.ms.gov.br. Telefone: (67) 3316-9178.

 

Confira as sinopses e a programação:

 

11 de novembro de 2015 – quarta-feira

A Escola de Babel (La cour de Babel. Dir. Julie Bertuccelli, documentário, 94 min, 2013).

Em uma escola secundária no 10º distrito de Paris, existe uma turma de adaptação onde alunos imigrantes entre 11 e 15 anos de idade aprendem as primeiras lições de francês. Algumas dessas crianças recém-chegadas conhecem poucas frases na língua do seu país de adoção; outras não sabem falar palavra alguma. Suas famílias vieram de diversas partes do mundo como Irlanda, Senegal, Marrocos, Brasil e China, seja fugindo de perseguições ou apenas à procura de um novo começo.

12 de novembro de 2015 – quinta-feira

Bardot, a incompreendida (Bardot, la Méprise – Bardot. Dir. David Teboul, documentário, 115 min, 2013.)

bardot

Em 2011, a icônica atriz – e musa – francesa Brigitte Bardot autorizou a produção de um documentário sobre sua vida. Ela cedeu ao diretor David Teboul livre acesso à arquivos, registros, imagens, documentos de família… Tudo menos ser entrevistada. Assim ele construiu este retrato da Brigitte mítica, encantadora, apaixonada e contraditória.

 

13 de novembro de 2015 – sexta-feira

Il était une forêt ( sem título em português, “Era uma vez uma floresta”, em tradução livre, Dir. Luc Jacquet, documentário, 78min, 2013).

Luc Jacquet guia o espectador para um passeio em uma floresta equatorial. Será preciso debruçar-se sobre o a obra e abrir o olhar para descobrir o primeiro grão crescer, este das árvores pioneiras que preparam o terreno para as próximas, e que cinco décadas mais tarde irão cumprir seu papel antes de cumprir um ciclo completo de muitos séculos…

 

Contato à imprensa;

Marinete Pinheiro – Coordenadora do MIS – (67) 3316-9146/ (67) 9272-2906

Thiago Andrade – Curador da mostra – (67) 9225-8797

Márcia Saddi – Coordenadora Aliança Francesa – (67) 3321-0339