Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

Alunos fazem suas primeiras intervenções em oficinas de artes plásticas no FIB 2016

  • 30 jul 2016
  • Categorias:Geral

Alunos da rede estadual de ensino de Bonito, da faixa etária de 6 a 12 anos, estão fazendo suas primeiras intervenções artísticas durante o 17º Festival de Inverno de Bonito. Após visitarem o estande de artes plásticas e apreciarem as oito telas da Exposição “Divisão de Mato Grosso”, produzidas por Humberto Espíndola, com auxílio das arte educadoras da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, eles fizeram a releitura das obras do artista, exercendo assim, a criatividade.
Neste exercício, proposto pelo Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul (MARCO), as crianças têm a oportunidade de conhecer a vida e a obra de Humberto, trabalhando os fundamentos da linguagem visual. Há 6 anos o museu leva um recorte do seu acervo para apresentar ao público dos festivais do Estado. “O Humberto tem o único registro visual do momento de criação de Mato Grosso do Sul. As obras captaram o sentimento da sociedade naquele momento. É a história retratada nas telas”, explicou a pedagoga do MARCO, Cristina Moura. Ainda segundo ela, especialmente o quadro “O sopro” representa o momento do nascimento de Mato Grosso do Sul.
A professora Eleuza Muniz, da escola Durvalina Dorneles Teixeira, aprova a iniciativa: “Cultura é participação, conhecimento para os alunos, entrosamento e socialização. É isso que o festival nos proporciona”, comemorou.
A Exposição “Divisão de Mato Grosso” traz obras pintadas em 1978. Ela apresenta também recursos de audiodescrição, textos em braile e tradução em Libras e reprodução das pinturas em alto relevo. Para quem não souber ler em braile pode contar com duas monitoras que fazem fazer a audiodescrição ao vivo: Ivone dos Santos, da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), e Cândida Alves, do Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual (CAP-DV/MS).
As obras da exposição revelam elementos nacionais e regionais do estado, como o boi, que faz parte da Bovinocultura. O estilo, criado por Humberto, completa 50 anos em 2017. O público pode conferir as obras até domingo (31) das 17h30 às 22h no Espaço das Artes, que fica na Praça da Liberdade, onde acontece o Festival de Inverno de Bonito. É grátis.

texto Gisele Colombo
foto Elis Regina