Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

‹ Voltar

1° Seminário Estadual Cultura e Educação capacita arte educadores

  • 25 jul 2016
  • Categorias:Geral

Campo Grande (MS) – Promover o diálogo entre a Cultura e a Educação é uma demanda que há 14 anos é aspirada pelos Ministérios da Educação e Cultura no âmbito Federal. Seguindo a mesma diretriz, o governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (SECTEI) e da Secretaria de Educação (SED), numa iniciativa de transversalidade que visa o desenvolvimento conjunto das duas pastas rumo à novas proposições de políticas públicas, promovem o 1° Seminário Estadual Cultura e Educação – Território da Arte na Escola, entre os dias 5 e 7 de agosto, na Capital.

No evento, professores, alunos, arte educadores, educadores museais e artistas terão acesso a discussões teóricas e as instituições reforçarão seu novo perfil de atuação que a partir de então será sistematizada sob a interdependência entre essas duas áreas. O intuito é trabalhar a educação de uma forma plural e não simplesmente como ensino formal e a cultura como um direito do cidadão. Além disso, a iniciativa funcionará como um espaço de compartilhamento de saberes e fazeres educativos e artísticos, que contribuam para a implementação de ações inovadoras entre ambas as áreas em Mato Grosso do Sul. Esta é uma grande oportunidade para se vislumbrar ferramentas valiosas e transformadoras que vêm reafirmar valores humanos essenciais para a humanidade do século XXI.  

“Estamos atendendo a uma demanda antiga de transversalidade de dois campos que considero indissociáveis. Esse primeiro seminário vem coroar essa nova política de Estado transversal discutindo temas importantes e contemporâneos. Nessa nossa era do conhecimento e da conectividade há uma grande pressão da cultura de massa no cotidiano da população. Portanto, ao trabalhar no ensino a nossa cultura, temos a intenção de preservar e valorizar a nossa identidade levando os estudantes a compreenderem o lugar onde elas se encontram. Essa discussão é fundamental para o fortalecimento tanto do sistema educacional quanto das nossas diversas formas de expressões artísticas além de manter acesa a chama do nosso patrimônio cultural material e imaterial. As discussões não serão encerradas no seminário, mas serão contínuas para estabelecermos essa cultura da transversalidade e também apontar caminhos para as políticas públicas das duas áreas”, explicou Renato Roscoe, secretário de cultura, turismo, empreendedorismo e inovação.

O 1° Seminário Estadual Cultura e Educação – Território da Arte na Escola conta com a participação da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (SECTEI), Secretaria de Estado de Educação (SED), da Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande (SEMED), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN/MS), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e de integrantes da sociedade civil.

“O seminário que estamos realizando é uma ação que busca convergir conceitos e práticas que possam integrar ainda mais no ambiente escolar essas duas áreas irmãs, tão importantes, tão fundamentais pra formação das crianças e jovens. É também uma provocação positiva e vigorosa que vai reunir universos diferentes, academia e artistas, com toda a sua energia de criação. Esperamos que isso resulte em uma orientação para que as duas secretarias possam atuar juntas”, destacou a presidente da FCMS, Andréa Freire.

Durante o 1° Seminário Estadual Cultura e Educação – Território da Arte na Escola acontecerão também oficinas que têm a finalidade de incentivar reflexões filosóficas e discussões sobre a relação entre arte, cultura e educação, tendo como interface as questões estéticas e artísticas nas ações pedagógicas da escola. Nos cursos, os participantes terão a experiência de vivências culturais, assistirão a comunicações orais e refletirão acerca do currículo no ensino de arte na escola. Essas atividades fomentarão as práticas dos professores e ampliarão sua compreensão sobre a disciplina e o sentido do ensino e aprendizagem de linguagens artísticas.

“Este Seminário vai além de uma formação continuada para professores de Arte. Ele proporcionará a vivência de experiências culturais e possibilitará o debate sobre a importante relação entre cultura e educação o que, com certeza, trará reflexos positivos para nossos estudantes, que serão, cada vez mais, estimulados em seus processos criativos e orientados a ter um olhar crítico, mas sensível, às produções artísticas e culturais que os cercam”, afirmou a secretária de Estado de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta.

No dia 5 de agosto, às 19h, conferência de abertura intitulada “Territórios da Arte na Escola”, ficará por conta da professora doutora Mirian Celeste Martins. Ela atua no Curso de Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e é também professora aposentada do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Foi presidente da Associação de arte educadores do Estado de São Paulo e secretária da FAEB – Federação de arte educadores do Brasil. Dentre suas publicações destaca-se a co-autoria de “Teoria e Prática do Ensino de Arte”, que faz parte do PNBE-Professor do Ministério da Educação. É ainda co-autora de “Por trás da cena”, projeto aprovado e financiado pelo Petrobrás Cultural (2010). O maestro Eduardo Martinelli fará o encerramento da conferência no dia 5 de agosto com a Orquestra Jovem da Fundação Barbosa Rodrigues.

No dia 6 de agosto, das 14h às 18h, Mirian Celeste fará a mediação da mesa redonda “Cultura, arte e questões sociais nas poéticas artísticas”, no auditório da UEMS, que contará com a participação dos artistas Eduardo Martinelli (música), Priscila Pessoa (artes plásticas), Fernando Cruz (teatro), Marcos Mattos (dança) e Marlei Sigrist (folclore e cultura popular). No mesmo dia, a partir das 19h acontece o Sarau Cultural que terá como atrações principais o grupo Sampri e o Teatro Imaginário Maracangalha.

No dia 7 de agosto, das 8h às 12h, a Secretaria de Estado de Educação (SED) faz a mediação da mesa redonda “Cultura e políticas educacionais no ensino de arte” que acontece também no auditório da UEMS. Dela participarão os professores Gabriela Salvador (dança / UEMS), Vera Penzo – (artes plásticas / UFMS), Evandro Higa (música /UFMS),Flávia Janiaski Vale (teatro / UFGD) e Sônia Regina Rampim Florêncio ( IPHAN/DF). Acompanhe toda a programação e faça sua inscrição no site www.seminarioculturaeeducacao.art.br.